Supremo reforça segurança de Fachin e familiares após decisão que tornou Lula elegível

0

 

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, determinou o reforço da segurança do ministro Edson Fachin e de seus familiares desde a última segunda-feira (8).

Por meio de nota emitida na tarde desta sexta-feira (12), Fux explicou que a medida foi tomada por precaução, diante de “possíveis questionamentos à recente decisão de Fachin”.

Na última segunda, Fachin anulou todas as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pela Justiça Federal no Paraná relacionadas às investigações da Operação Lava Jato. Com a decisão, o petista voltou a ser elegível.

Um dia após a decisão, na última terça-feira (12), manifestantes foram até o prédio onde o ministro vive em Curitiba para promover buzinaços. “A Suprema Corte ressalta que é inaceitável qualquer ato de violência por contrariedade a decisões judiciais”, repudiou Fux.

Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome