Cotada para assumir o Ministério da Saúde, a médica Ludhimila Hajjar, vai se reunir com Bolsonaro

0

 

A cardiologista Ludhimila Hajjar, do Incor e da rede de hospitais Vila Nova Star, cotada para assumir o Ministério da Saúde no lugar de Pazuello, deve ser reunir com o presidente Bolsonaro nos próximos dias. Hajjar, que é cardiologista do Incor e da rede de hospitais Vila Nova Star, já desembarcou em Brasília para conversar com o presidente sobre a possibilidade de assumir o Ministério.

Segundo o jornal O Globo, Pazuello pediu para sair da pasta, alegando problemas de saúde. Outros nomes estão no páreo, como o do cardiologista Marcelo Queiroga, que também foi chamado para conversar.

Ludhmila é cardiologista e se especializou no tratamento da Covid-19. Em Brasília, ela estreitou relacionamento com dezenas de autoridades. A cardiologista tratou, por exemplo, do próprio Pazuello, quando ele foi infectado pelo novo coronavírus. Ela atendeu também o ministro Tarcísio de Freitas, da Infraestrutura, ministros do STJ (Superior Tribunal de Justiça), o ministro Dias Toffoli quando presidia o Supremo, e também os ex-presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome