Cargo de Marcelo Queiroga em empresa de serviços médicos retarda posse como ministro da Saúde

0

Substituto do general da ativa Eduardo Pazuello no ministro da Saúde, Marcelo Queiroga só poderá assumir o posto quando deixar a função de sócio-administrador de uma empresa de serviços médicos em João Pessoa (PB), o Cardiocenter – Centro de Diagnóstico e Tratamento das Doenças Cardíacas.

As informações são da CNN Brasil na tarde deste sábado (20). Segundo a publicação, a lei 8.112/1990 proíbe que servidores públicos da União participem “de gerência ou administração de sociedade privada”. Embora ministros possam ser sócios de empresas, não podem ser administradores de entes privados.

Queiroga desponta na Receita Federal como um dos 19 sócios da Cardiocenter , que funciona no Hospital Alberto Urquiza Wanderley, da Unimed – único com a função de administrador.

A CNN enviou mensagem ao futuro ministro, por meio do seu Whatsapp, perguntando se sua condição de sócio-administrador da empresa estaria atrasando sua posse e se ele deixaria o cargo na empresa privada. Até o início da tarde deste sábado (20), Queiroga não havia respondido aos questionamentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome