Bem diferente: Bolsonaro muda o tom, defende vacina e não ataca governadores durante pronunciamento desta terça (23)

0

 

Na noite desta terça-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) adotando um tom completamente diferente do usual, em pronunciamento para rádio e TV, defendeu a vacina e fez uma avaliação positiva da atuação do seu governo frente a pandemia do novo coronavírus.

Bolsonaro, desta vez, também não atacou governadores e nem divulgar tratamento precoce, com medicamentos sem comprovação científica.

“Vamos fazer de 2021 o ano da vacinação de todos os brasileiros. Somos incansáveis na luta contra o coronavírus. Essa é a missão e vamos cumpri-la”, disse em um momento o presidente.

Dizendo que as vacinas contra a covid 19 estão garantidas, Bolsonaro se solidarizou com as famílias de mortos pela infecção no Brasil.

“Quero tranquilizar o povo brasileiro e afirmar que as vacinas estão garantidas. Muito em breve retomaremos nossa vida normal. Solidarizo-me com todos que tiveram perdas em suas famílias. Vamos fazer de 2021 o ano da vacinação dos brasileiros”, disse.

Da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome