Sergipe monitora circulação da variante da covid-19; mutação já foi confirma em 11 municípios

 

A Secretaria de Saúde do estado de Sergipe (SES) informou que a variante brasileira do coronavírus, chamada de P1, foi registrada em ao menos 11 municípios do estado e que sua circulação está sendo acompanhada pela pasta.

De acordo com o governo, 53 amostras testadas pela Fiocruz apontam a presença da nova linhagem em Aracaju (30), Barra dos Coqueiros (cinco), Cedro de São João (dois), Laranjeiras (três), Monte Alegre (um), Nossa Senhora do Socorro (um), Boquim (quatro), Itaporanga D’Ajuda (um), Ribeirópolis (três) e Simão Dias (um).

Todos estes registros não têm vínculos com casos importados, segundo informações do diretor de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Marco Aurélio Góes.

“Inicialmente tivemos o isolamento da variante apenas em casos vinculados a pacientes que estiveram em Manaus e neste caso seis amostras deram um resultado positivo para a P1. Na segunda leva, amostras de vários municípios deram positivas, sendo que nenhuma delas tinha vínculo com pessoas que estiveram em Manaus ou outro local da região Norte do país”, afirmou Góes.

Segundo ele, esses fatores indicam que a variante predominante neste momento tem sido a P1, o que pode justificar a alta transmissibilidade e o aumento de casos, da taxa de ocupação hospitalar e de óbitos. Destacou o diretor que, como a variante se transmite facilmente, ela passa a ser dominante no local, causando grande preocupação. “Todas as medidas que possam ser tomadas para evitar a transmissão são fundamentais”, complementou.

BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.