Após primeira dose, taxa de imunização da vacina Pfizer é de 70%, afirma estudo científico

0

 

Segundo publicação da revista científica The Lancet, publicada na quarta-feira (28), a taxa de imunização contra o coronavírus da vacina Pfizer/BioNTech é de 70% após a primeira dose. O número aumenta para 85% com a segunda aplicação. O imunizante precisa de um intervalo de 21 dias entre as duas doses.

De acordo com a Revista Veja, foi realizado um estudo entre dezembro de 2020 e início de fevereiro de 2021, contando com a participação de mais de 23 mil médicos e enfermeiras em 104 centros britânicos, para comprovar a eficácia do imunizante americano.

“A vacinação de adultos em idade produtiva pode reduzir substancialmente a infecção pelo novo coronavírus e, consequentemente, poderia ajudar a reduzir a transmissão da infecção na população”, informam os autores da pesquisa, coordenada por Victoria Jane Hall, do Instituto Britânico para Pesquisa em Saúde, e conduzida em colaboração com a Universidade de Oxford.

Os pesquisadores informaram também que “a vacinação não elimina completamente o risco de infecção e, portanto, o equipamento de proteção individual e os testes regulares assintomáticos terão que continuar a ser usados até a prevalência do vírus ser tão baixo que reduz o risco de transmissão”, dizem os pesquisadores.

Nesta quinta-feira(29), o Brasil receberá o primeiro lote com 1 milhão de doses da vacina contra a covid 19 da Pfizer, que tem registro para uso definitivo concedido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A remessa chegará no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), às 19 horas.

Da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome