“Cínico”: Bolsonaro é criticado nas redes sociais após lamentar morte do ator Paulo Gustavo

0

 

 

Nesta quarta-feira (5), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) usou suas redes sociais para lamentar a morte do ator Paulo Gustavo, por complicações da Covid-19. O ator e comediante morreu na noite desta terça-feira (4), após mais de 50 dias internado.

Na publicação, Bolsonaro desejou forças para os familiares do comediante e para aqueles que também perderam seus parentes por causa das complicações da infecção do vírus.

“Meus votos de pesar pelo passamento do ator e diretor Paulo Gustavo, que com seu talento e carisma conquistou o carinho de todo Brasil. Que Deus o receba com alegria e conforte o coração de seus familiares e amigos, bem como de todos aqueles vitimados nessa luta contra a Covid”, escreveu Bolsonaro.

A manifestação de Bolsonaro gerou críticas dos internautas que destacaram os seus pronunciamentos, desde o início da pandemia, minimizando e debochando da doença.

“Teu projeto segue de vento em popa. É a tua ‘imunidade de rebanho’, é o seu tratamento precoce, que custa a vida de pessoas brilhantes como o Paulo. Lava tua boca pra falar dele, seu verme”, escreveu Maria Bopp, atriz, comediante e roteirista.

“Que Deus em sua infinita misericórdia consiga te perdoar, dificilmente nós aqui na terra vamos”, tuitou o deputado federal Andre Janones.

“Você tinha como ter salvado ele e mais milhares de pessoas. Mas você preferiu rir da doença, negar as vacinas, debochar de quem perdeu pessoas pra doença, fazer pouco da dor de todo mundo”, disse uma internauta.

Da Redação

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome