Senadores decidem antecipar novo depoimento de Queiroga à CPI da Covid

 

Os senadores que compõem a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 decidiram neste domingo (30) antecipar a reconvocação do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o depoimento da médica Luana Araújo, que foi escolhida para comandar uma secretaria dedicada ao enfrentamento do coronavírus, mas cuja nomeação foi barrada pelo Palácio do Planalto.

A decisão ocorre para que o cronograma já previsto anteriormente para as próximas semanas na CPI, já que Queiroga e Luana foram encaixados depois.

De acordo com a CNN, a médica e o ministro devem ser ouvidos ainda em junho. A previsão foi definida de forma virtual.

O presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), afirmou que os senadores entendem que Queiroga precisa voltar a depor o quanto antes, diante das novas aparições do presidente Jair Bolsonaro sem máscara em aglomerações.

BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.