Quem fala demais dá bom dia a cavalo: citando o TCU, Bolsonaro lança dúvidas sobre número de mortes por Covid-19 em 2020 e deverá ser desmentido pelo órgão

Nesta segunda-feira (7), o presidente Jair Bolsonaro afirmou a seus apoiadores, em Brasília, que um relatório do TCU (Tribunal de Contas da União) aponta que 50% das mortes por covid-19 no ano passado teriam ocorrido por outras doenças, e não pela covid 19.

“O relatório final, não é conclusivo, mas em torno de 50% dos óbitos do ano passado por covid não foram por covid, segundo o Tribunal de Contas da União. Esse relatório saiu há alguns dias, lógico que a imprensa não vai divulgar, mas nós vamos hoje à tarde. Como é do Tribunal de Contas da União, ninguém queira me criticar por causa disso. […] Nós vimos no ano passado muitos vídeos mostrando parentes que diziam que não era morte por covid”, disse.

Em 2020, foram registradas 194 mil mortes pela doença. De acordo com a informação repassada pelo presidente da república, então, teriam sido 97 mil mortos. Segundo dados oficiais do Ministério da Saúde, até o momento, 473.404 mil pessoas morreram em decorrência do novo coronavírus.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo, o Tribunal de Contas da União (TCU) está preparando uma nota para rebater as declarações de Bolsonaro.

No relatório citado por Bolsonaro, ainda segundo a colunista, técnicos do tribunal afirmam que as mortes por problemas respiratórios subiram no Brasil, bem como por problemas cardiovasculares para os quais a Covid-19 pode ter contribuído. No entanto, o documento não faz a conclusão apontada pelo presidente.

 

Veja vídeo:

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.