TCU afasta auditor que fez relatório sobre Covid usado por Bolsonaro

 

 

O auditor Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques foi afastado de suas funções pelo Tribunal de Contas da União (TCU). O servidor é apontado como autor do relatório usado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para contestar o número de mortes causado pela Covid-19. O presidente chegou a se retratar após dizer que o TCU contestava 50% das mortes por coronavírus no ano passado, fato que foi negado pelo órgão.

De acordo com o Tribunal, o documento se trata de uma análise pessoal do auditor. Segundo o site Metropóles, Alexandre tem ligação com a família Bolsonaro, é crítico do Psol e da imprensa.

Nesta terça-feira (8), o órgão informou que vai abrir uma sindicância para apurar a conduta do servidor.

 

Bahia BA

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.