COVID-19: Petrolina confirma mais um óbito e tem nova queda na taxa de ocupação dos leitos de UTI

COVID-19: Petrolina confirma mais um óbito e tem nova queda na taxa de ocupação dos leitos de UTI

 

 

O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde registra mais uma queda na taxa de ocupação dos leitos de UTI, com índice menor que 20%. Nesta quinta-feira (29), dos 82 leitos de UTI’s disponíveis, 13 estão ocupados. Seis pacientes são de Petrolina e sete de outras cidades da região, isso representa um índice de 15,8% de ocupação.

Há o registro de 48 novos casos. São 28 pessoas do sexo masculino, de 19 a 66 anos, e 20 do sexo feminino, de 17 a 69 anos. Dos resultados, 33 foram obtidos através de exames realizados pela Prefeitura de Petrolina, e 15 por meio de exames laboratoriais. Assim, Petrolina passa a registrar 31.194 pessoas já infectadas pelo novo coronavírus. Desse total, 28.191 já estão recuperadas da doença, isso representa 90,4% de cura clínica.

Há o registro de um óbito, sendo de uma pessoa do sexo masculino, de 44 anos, sem histórico de comorbidades. Ele faleceu nesta quarta-feira (28) em uma unidade hospitalar pública de Petrolina. Com isso, o município contabiliza 549 mortes ocasionadas pela COVID-19.

Outras informações

A Secretaria de Saúde também divulgou informações complementares sobre a pandemia em Petrolina.

– Casos investigados: 722 pessoas sendo monitoradas, há possibilidade de estarem infectadas.

-Casos por raça/cor: sete pessoas se declararam pretas; 23 pardas; uma amarela; 13 brancas e quatro optaram por não declarar.

– Casos descartados: Até agora, 115.108 casos já foram descartados. As pessoas que foram testadas tiveram resultados negativos

– Casos ativos: O município tem 2.454 casos ativos do novo coronavírus.

Outras informações sobre a pandemia podem ser conferidas no site: petrolina.pe.gov.br/coronavirus

Débora Sousa – Ascom Sesau

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.