Arquivos Mensais: setembro 2021

Aumento no número de casos confirmados de Covid-19 em Juazeiro é provocado por dados acumulados no sistema do Ministério da Saúde, diz prefeitura

0

O Ministério da Saúde atualizou o sistema E-SUS VE, que registra os casos da Covid-19. Nos boletins epidemiológicos desta semana, divulgados pela Secretaria de Saúde de Juazeiro, houve um aumento no número de casos confirmados. O “módulo notifica” do sistema atualizou os dados e o que estava acumulado em meses anteriores foi adicionado ao mês de setembro, mas não são considerados casos novos da doença.

“Alguns estados e municípios se posicionaram diante dessa diferença de dados e a justificativa do Ministério da Saúde é de que esses números estavam represados desde o início da pandemia, o que não reflete a realidade atual. Estamos ampliando a testagem em toda a rede de saúde de Juazeiro e temos o ponto móvel e mesmo assim os números são menores. Primando pela transparência, nós estamos divulgando esse ajuste no nosso boletim em virtude das mudanças feitas no sistema E-SUS VE”, explicou a superintendente de Vigilância em Saúde de Juazeiro, Caroline Morgado.

Foram registrados nesta quinta, 10 novos casos da Covid-19. Juazeiro está há 31 dias sem a ocorrência de novos óbitos por complicações da doença. O último registro foi no dia 30 de agosto. O município contabiliza 379 mortes em decorrência do coronavírus.

O levantamento aponta que o percentual de ocupação dos leitos de UTI para Juazeiro na rede PEBA (hospitais de Pernambuco e Bahia) é de 25%, com 114 leitos disponíveis. Somente em Juazeiro, a ocupação dos leitos de UTI para pacientes com Covid-19 é de 35%, com 13 leitos disponíveis.

Casos

Desde o início da pandemia, 18.344 moradores foram infectados, dos quais 17.705 já estão recuperados. Os casos descartados somam 32.571. O município tem 260 casos ativos do novo coronavírus.

Testes

Foram realizados desde o início da pandemia 37.698 testes rápidos pela prefeitura e 3.344 pelo Lacen, em Salvador.

IF Sertão promove maratona de programação computacional em linguagem Python gratuitamente para estudantes

0

O Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IFSertãoPE) vai receber a Maratona Python Cisco Brasil NetAcad. A parceria com a Cisco Networking Academy, está disponibilizando para estudantes da redes pública e privada.

Segundo o coordenador da Academia Cisco no IF Sertão, professor Vanderley Gondim,  este é o maior evento de programação da história do Vale do São Francisco, onde serão disponibilizadas de forma gratuita, 1.000 vagas para jovens do ensino médio e superior. Serão apresentados a esses alunos os conceitos e técnicas de programação através da linguagem Python, uma das mais simples mas ao mesmo tempo mais dinâmica de todas as linguagens.

A maratona de programação tem como objetivos familiarizar o aluno com os conceitos universais de programação computacional e permitir que esse aluno inicie seus próprios estudos e abra um caminho para carreira de desenvolvedor. O evento também visa atender a forte demanda do mercado por profissionais de softwares. O Brasil possui hoje em média 14 milhões de desempregados, e essa é uma área que não conhece crise, onde no mercado há mais vagas do que candidatos,” ressaltou Gondim.

Maratona Python Cisco Brasil NetAcad

O evento é uma ação de sensibilização da população brasileira para a importância da programação computacional em linguagem Python e pretende acelerar o processo de aprendizado dos participantes, com foco no início de uma jornada profissional na área.

Linguagem Python

Python é uma linguagem de computacional de alto nível que ganhou popularidade entre profissionais da tecnologia que não são necessariamente programadores por ser menos complexa e melhor compreendida, quando comparada com outras linguagens. Os participantes da Maratona Python Cisco Brasil NetAcad vão poder conhecer mais dos conceitos universais da programação computacional e das técnicas gerais de codificação e programação orientada a objetos. Além disso, a maratona vai permitir que o estudante inicie seus próprios estudos e possa abrir caminhos para atuar como desenvolvedor.

O curso  trará  habilidades de programação a um nível de conhecimentos que permitirá ao participante desenhar, escrever e executar programas codificados na linguagem Python, e compreender os conceitos básicos do software.

Para participar, o estudante deve estar regularmente matriculado em cursos do Ensino Médio, Técnico ou Superior no IFSertãoPE ou em qualquer instituição pública ou privada. A participação é gratuita e as inscrições podem ser feitas através do link: https://www.netacad.com/portal/web/self-enroll/m/course-763626

Informações

Qualquer dúvida poderá ser encaminhadas para o e-mail: academiacisco.petrolina@ifsertao-pe.edu.br

Aglomerados e sem máscara, funcionários da Havan fazem festa para Hang no dia seguinte à CPI

0

O empresário bolsonarista Luciano Hang, dono das lojas Havan, publicou em suas redes sociais um vídeo do momento em que é recepcionado com festa por funcionários da empresa nesta quarta-feira (30), um dia após prestar depoimento à CPI da Covid, no Senado Federal.

Os colaboradores aparecem sem máscara, aglomerados, segurando bexigas verdes e amarelas e agitando bandeiras do Brasil.

Hang passa por eles batendo palma, enquanto toca a música de propaganda da loja. O empresário ainda abraça duas funcionárias, ambas sem máscara, assim como ele. Ao publicar o vídeo, Hang agradece aos funcionários pelo apoio e diz ter cumprido sua missão na CPI.

“Cumpri com meu dever de cidadão, de brasileiro, e falei toda a verdade. Esse reconhecimento me emociona muito e me motiva ainda mais a seguir lutando por aquilo que eu acredito ser o correto para mim, minha família, nossa empresa e o nosso país”, escreveu.

Nesta quarta-feira, o relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL), afirmou que seu relatório final da comissão vai propor o indiciamento do empresário, por crimes durante a pandemia.

“Nós temos elementos probantes, um elenco comprovatório imenso da participação criminosa do senhor Luciano Hang em vários momentos dessa pandemia, patrocinando, defendendo, postando, financiando a equipe equivocada de enfrentamento do presidente da República, que acabou transformando nosso país em um morticínio, com quase 600 mil vítimas e milhões de sequelados”, afirmou.

“Seja como for, colaborando ou não [com a CPI], ele constará do relatório, será indiciado por vários crimes e vai ter que se haver com esses crimes, reavendo com eles até o final da sua vida”, afirmou.

Folhapress

Empresário bolsonarista é acusado de homofobia durante depoimento a CPI da Covid-19 e é autuado

0

O senador Fabiano Contarato (Rede-ES) expôs comentários homofóbicos contra ele, feitos pelo empresário Otávio Fakhoury, durante a sessão da CPI da Covid nesta quinta-feira (30), que ouve o empresário bolsonarista sobre suposto envolvimento na disseminação de notícias falsas.

“Orientação sexual não define caráter”, disse o senador, que assumiu a presidência do colegiado para fazer a denúncia.

Em resposta, Fakhoury afirmou que fez um comentário “infeliz” e que “não teve a intenção de ofender”.

O vice-presidente da comissão, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), determinou a autuação de Otávio Fakhoury por “eventual crime de homofobia por parte do depoente contra o senador da República” e pediu que a denúncia seja encaminhada para o Ministério Público Federal (MPF).

Depoimento

Segundo Randolfe Rodrigues, Otávio Fakhoury “foi identificado como o maior financiador de disseminação de notícias falsas”. O parlamentar cita como exemplo os canais Instituto Força Brasil, Terça Livre e Brasil Paralelo. “Esses canais estimularam o uso de tratamento precoce sem eficácia comprovada, aglomeração e diversas outras fake news sobre a pandemia”, justificou.

Fakhoury é investigado noinquérito das Fake News, conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes no Supremo Tribunal Federal (STF).

No depoimento, o empresário disse ser vítima de “calúnias, ataques e campanhas difamatórias”.

“Fui acusado injustamente e caluniado como propagador fake news, sem jamais ter produzido uma única notícia falsa. Também injustamente acusado de financiador de discurso de ódio, sem jamais ter pago por qualquer matéria ou notícia. Tudo porque ousei acreditar na liberdade de expressão e defender que os conservadores e os cristãos merecem um espaço no debate público”, afirmou.

* Com informações da Agência Senado

Se programe para a vacinação contra o coronavírus nesta sexta-feira em Juazeiro; confira locais e horários

0

Nesta sexta-feira (1º) profissionais da Secretaria de Saúde de Juazeiro irão realizar vacinação contra a Covid-19 tanto na zona rural quanto na zona urbana. Confira o planejamento. 

Público 18 anos e mais

O público com 18 anos ou mais poderá buscar pelo Juá Garden Shopping. O horário é das 8h às 11h30 e das 14h às 16h. É preciso levar RG, CPF, Cartão SUS e comprovante de residência.

Adolescentes 15 a 17 anos – zona urbana

A vacinação dos adolescentes de 15 a 17 anos será realizada no Colégio Estadual Edivaldo Machado Boaventura (antiga Escola Normal), que fica no bairro Cajueiro. Serão 400 doses. É necessário levar RG, CPF, Cartão SUS e comprovante de residência. Os adolescentes precisam estar acompanhados de pais ou responsáveis. A vacinação inicia às 9h e segue até o encerramento das doses.

Adolescentes 12 a 17 anos – zona rural

Na zona rural, a vacinação dos adolescentes é para idades entre 12 a 17 anos. Ela será realizada nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) das comunidades Carnaíba do Sertão, Goiabeira, Junco, Capim de Raiz, Jatobá, Mandacaru I, Jardim Primavera e Maniçoba I. A vacinação na zona rural é exclusiva para os moradores de cada localidade. É preciso levar RG, CPF, comprovante de residência e cartão SUS. Adolescentes com comorbidades devem levar original e cópia do laudo médico. O horário é de 8h às 12h. Os adolescentes precisam estar acompanhados de pais ou responsáveis.

Adolescentes 12 a 17 anos com comorbidades – zona urbana

A vacinação deste público será na Univasf. O horário é das 8h às 11h30h e das 14h às 16h. É preciso levar RG, CPF, cartão SUS, comprovante de residência e original e cópia do laudo médico (a cópia do laudo ficará retida). Os adolescentes precisam estar acompanhados de pais ou responsáveis.

Fazem parte do grupo de comorbidades, segundo a resolução da Comissão Intergestores Bipartite da Bahia (CIB), pessoas com: diabetes, pneumopatias crônicas graves, hipertensão arterial, insuficiência cardíaca, cor-pulmonale e hipertensão pulmonar, cardiopatia hipertensiva, síndromes coronarianas, valvopatias, miocardiopatias e pericardiopatias, doenças da aorta, dos grandes vasos e fístula arteriovenosas, arritmias cardíacas, cardiopatias congênitas, prótese valvares e dispositivos cardíacos implantados, doenças cerebrovascular, doença renal crônica, hemoglobinopatias, obesidade mórbida, Síndrome de Down, imunossuprimidos e cirrose hepática.

Gestantes, puérperas (até 45 dias pós-parto) e lactantes (46º pós-parto aos 11 meses e 29 dias do bebê) – a partir de 12 anos

Este público a partir de 12 anos pode buscar pela Univasf, das 8h às 11h30h e das 14h às 16h. As gestantes devem levar o cartão de gestante. As puérperas e lactantes devem levar Certidão de Nascimento do bebê. Além disso, é preciso levar RG, CPF, cartão SUS e comprovante de residência. As adolescentes precisam estar acompanhadas de pais ou responsáveis.

Segunda dose – Oxford, Pfizer e CoronaVac 

A vacinação da segunda dose será no Auditório do Centro de Saúde III (bairro Angary), Creche Mariá Tanuri (bairro Santo Antônio) e nas UBSs Maringá, Jardim Flórida, Alto da Aliança, CSU, Parque Residencial, Itaberaba, Alto da Maravilha e Alagadiço. O horário do Auditório do Centro de Saúde III, da Creche Mariá Tanuri e da UBS CSU é das 8h às 11h30 e das 14h às 16h. As outras UBSs funcionam das 8h às 12h. É preciso levar RG, CPF, Cartão SUS, comprovante de residência e cartão de vacina.

Dose de reforço (3ª dose)

Poderão receber a dose de reforço: idosos, residentes em Juazeiro, com 70 anos ou mais e que tenham intervalo de 6 meses em relação à última dose; profissionais de saúde ativos e lotados em Juazeiro, com 60 anos ou mais e que tenham intervalo de 6 meses em relação à última dose; e imunossuprimidos que possuam intervalo de 28 dias em relação à última dose.

A vacinação será na Univasf, das 8h às 11h30h e das 14h às 16h. É preciso levar RG, CPF, cartão SUS, comprovante de residência e cartão de vacina. O trabalhador de saúde deve levar também o contracheque atualizado e precisa estar ativo e lotado em Juazeiro. Os imunossuprimidos também precisam levar original e cópia do laudo médico (a cópia ficará retida).

São considerados imunossuprimidos as pessoas com doenças reumáticas imunomediadas sistêmicas em atividade e em uso de dose de prednisona ou equivalente > 10 mg/dia ou recebendo pulsoterapia com corticóide e/ou ciclofosfamida; demais indivíduos em uso de imunossupressores ou com imunodeficiências primárias; pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos 6 meses; neoplasias hematológicas.

Bahia registra 555 novos casos e 8 óbitos nas últimas 24 horas; Estado ultrapassa a marca de 10 milhões de vacinados

0

A Bahia ultrapassou a marca de 10 milhões de vacinados contra a Covid-19 com a primeira dose ou dose única. As 10.032.526 pessoas que receberam o imunizante representa 78,79% da população com 12 anos ou mais, estimada em 12.732.264. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas.

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 555 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,05%) e 534 recuperados (+0,04%). O boletim epidemiológico desta quinta-feira (30) também registra 8 óbitos. Dos 1.233.799 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.204.371 já são considerados recuperados, 2.569 encontram-se ativos e 26.859 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações devido a instabilidade do sistema do Ministério da Saúde.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.541.528 casos descartados e 239.064 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira. Na Bahia, 52.060 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Secom

Exclusivo: após denúncias apresentadas pelo PNB sobre supostas irregularidades no Processo Seletivo da Saúde, MPBA se reúne com a Prefeitura de Juazeiro e estabelece reavaliação dos recursos dos candidatos e republicação do resultado com a ordem de classificação dos aprovados

1

Após diversas denúncias publicadas pelo Portal Preto No Branco sobre supostas irregularidades no Processo Seletivo para preenchimento de vagas existentes no quadro de servidores da Secretaria de Saúde de Juazeiro, que não teria cumprido o Edital do Certame, o Ministério Público Estadual, por meio da promotora de Justiça Daniela Baqueiro Vargas Leal Alves, instaurou, no último dia 9 de agosto, procedimento de notícia de fato para realizar apuração.

Nesta quinta-feira (30) a Titular da 8ª Promotoria de Justiça de Juazeiro/BA, informou ao PNB que “após reunião com o Município, ficou estabelecido que, nos próximos dias, haverá reavaliação dos recursos dos candidatos que apresentaram no prazo legal, bem como republicação do resultado com a ordem de classificação dos candidatos aprovados”.

O MP, através de sua representante, enviou a nossa redação a ata da reunião que aconteceu no último dia 28 de setembro, de modo virtual, contando com as presenças do Procurador Geral do Município, Thiago Franco Cordeiro, do Secretário de Saúde, Fernando Costa, de Isadora da Silva Raimundo, Gestora da Secretaria de Gestão de Pessoas e da servidora Jéssica, do setor de Recursos Humanos da Prefeitura de Juazeiro.

“A reunião se referia ao Inquérito Civil nº: 598.9.229949.2021, que visa apurar suposta fraude no
Processo Seletivo Simplificado de servidores da Secretaria de Saúde Municipal de Juazeiro/BA (Edital nº: 003, 14 de julho de 2021”.

A Promotora de Justiça Daniela Baqueiro pontuou que, “foram noticiadas diversas irregularidades com relação ao PSS da área de saúde, sobretudo no critério de pontuação/aferição dos títulos (e pontuação que foi dada)”, citando como exemplos, “Enfermeiros que utilizaram de títulos obtidos à época em que eram Técnicos em
Enfermagem para o Processo Seletivo o que era vedado pelo Edital, e que muitos participantes apresentaram recursos que foram indeferidos”.

A Promotora foi informada pelos prepostos da Prefeitura de Juazeiro “que algumas pessoas utilizaram cursos com
carga horária que não atingia o mínimo previsto no edital, e que seria necessário averiguar as possíveis irregularidades denunciadas ao MP.

Informada que, até o momento, foi realizada apenas a primeira chamada de alguns cargos, sem que os aprovados tenha sido contratados ainda, a representante do MP “pontuou uma opção de solução para o caso em
apreço, sendo elas reabrir prazo para análise e julgamento do recurso, com a suspensão da contratação (vez que poderia haver alteração da lista de classificação), de modo que Dra. Daniela encaminharia a lista das pessoas que apresentaram reclamação ao Parquet”, diz o documento.

As partes acordaram que, “seria encaminhado pelo Ministério Público para a Administração municipal as notícias com as representações dos candidatos para serem reavaliadas; Que seria republicada lista final por ordem de
classificação pelo Município; Que seria comunicado aos reclamantes o quanto tratado nesta reunião (para que, acaso necessário, recorrerem ao Município)”, conforme consta na Ata.

“Foi pontuado ainda o ponto específico da lei municipal (de 2012) que disciplina o prazo de 03 meses entre o fim de contrato com o Município e nova contratação. Aduziu-se que essa regra se aplicava aos médicos e também aos demais cargos. Os representantes do Município aduziram que essa norma causaria prejuízos, vez que a
maioria dos Médicos aprovados já faziam parte do quadro do Município. Na ocasião, fora discutida a possibilidade de revogação da lei pelo legislativo ou por ação judicial”.

Por fim, ficou estabelecido o prazo de 05 dias para que o Município de Juazeiro reavalie a correção dos candidatos que ofereçam recurso no prazo legal; Publique nova lista com a ordem de classificação e pontuação dos candidatos.

Ainda de acordo com o documento, o Secretário de Saúde afirmou que “prezava pela lisura do certame, estando disposto a realizar correções, acaso fossem necessárias”.

Na oportunidade, a Promotora de Justiça apresentou a necessidade de realização de concurso público para a área de saúde, bem como a necessidade de readequação dos cargos.

O Procurador Thiago Cordeiro declarou que o concurso público para área de saúde era pauta e meta do Governo Municipal e que um levantamento está sendo realizado para esse fim”.

ATA REUNIÃO – 598.9.229949.2021 – PSS SAUDE

Denúncias:

Após publicação no Diário Oficial da Prefeitura de Juazeiro, do último dia 09 de setembro, com o resultado final do Processo seletivo para preenchimento de vagas existentes no quadro de servidores da Secretaria de Saúde, o Portal Preto No Branco recebeu alguns questionamentos sobre possíveis falhas no cumprimento do edital.

Através de uma carta enviada a nossa redação, o grupo que se intitula “cidadãos de Juazeiro, questionou a transparência e execução do edital do Processo Seletivo, apontando supostas irregularidades e pedindo “um posicionamento da prefeitura. O grupo informou que, “na falta de resposta, os direitos serão buscados e apresentaremos essas questões ao Ministério Público”.

Outra leitora que participou do certame público, e pediu para não ser identificada, reforçou os questionamentos e acusou o processo de fraudulento e de favorecer a alguns candidatos que não preenchiam os requisitos.

“ Vários candidatos de demais categorias estão realmente insatisfeitos com o resultado final, devido às falhas na pontuação, sendo estas por falta de atenção da comissão julgadora ou por favorecimento para alguns candidatos. Foi observado que, na categoria de nível superior e médio candidatos sem experiência estão com pontuação bem acima dos candidatos com experiência, e que até alguns candidatos estão concorrendo a determinada vaga e apresentaram experiência profissional de outra função e a pontuação foi acrescida, o que caracteriza-se como irregularidade inclusive, pois no edital diz bem claro sobre isso”, relatou.

Ela também pediu a intervenção do Ministério Público na apuração das denúncias.

“Percebe-se que houve fraude nos critérios de avaliação do processo seletivo, razão pela qual requer intervenção do Ministério Público para fins de fiscalizar o cumprimento do devido processo legal e determinar a administração a revisão do processo administrativo para serem refeitas as avaliações, que de preferência seja por uma comissão externa, vinculando-se aos critérios do edital e da lei, não apenas de nós, mas de todos os prejudicados que pelo que vejo foi uma grande parcela dos candidatos. Outro ponto importante foi a violação da cláusula 11.1.10 do edital e o art.10, lll da lei municipal n° 2.017/2009 que prevê que, àqueles que têm menos de 3 meses da desvinculação com administração municipal ou que estejam com contratos ativos não poderiam participar do processo seletivo, contudo, observou-se que inúmeras pessoas que não atendiam a ambos requisitos participaram e ficaram na lista de classificados”, finalizou a leitora.

Da Redação

Dois homens são presos tentando transportar 540 papelotes de cocaína, na BR 407, em Senhor de Bonfim

0

Nesta quarta-feira (29), dois homens foram presos em flagrante após tentar transportar 540 papelotes de cocaína escondidos no painel de um carro, no município de Senhor do Bonfim, Norte da Bahia.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os suspeitos foram abordados na BR-407, e durante a vistoria no veículo, os agentes encontraram dezenas de papelotes com a droga, o equivalente a 300 gramas de cocaína.

Ainda de acordo com a PRF, um dos ocupantes do veículo informou que ganharia mil reais para transportar a cocaína do norte do estado até Feira de Santana, cidade que fica a cerca de 100 km de Salvador.

A dupla foi presa por tráfico de drogas e encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Senhor do Bonfim.

Da Redação

Deputado Zó participa da Comissão de Meio Ambiente, Seca e Recurso Hídricos da ALBA e destaca importância do Canal do Sertão

0

Após período sem atividades, a Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA)retomou de modo semipresencial  as Comissões para debater questões que envolvem o desenvolvimento da Bahia. Nesta quarta-feira, 29, o deputado estadual Zó participou da Comissão de Assuntos Territoriais, o qual já presidiu, e de audiência pública na Comissao de Meio Ambiente, Seca e Recurso Hídricos, onde destacou que é preciso acelerar o debate sobre a implantação do Canal do  Sertao, obra de muita importância para 44 municípios baianos.

Na oportunidade, Zó reiterou a necessidade de garantir a segurança hídrica da população sertaneja, e o Canal do Sertao seria uma política pública para superar as dificuldades que a população passa, pois vai perenizar vários rios com a água do São Francisco. Além disso, promove o Abastecimento Humano; Dessedentação animal; Agropecuária; Indústrias; implantação e revitalização de Perímetros de irrigação; Mineração; Aquicultura, dentre outras atividades.

“É uma obra que já tem a outorga da Agência Nacional das Águas. Precisamos unir forças para que esta obra saia o quanto antes. E este espaço é adequado para mobilizarmos o Governo Federal e todos os deputados federais da Bahia a destravarem esta importante obra para o povo sertanejo”, declarou o deputado Zó.

A audiência pública deliberou ofício aos Governo Federal e à Câmara dos Deputados para que esta obra seja colocada como prioridade, para que no futuro os efeitos da seca sejam mais brandos, devido ao acesso à água que já estará viabilizada. A audiência contou com a presença do superintendente da 6a SR Codevasf, órgão responsável pelo projeto, Coronel Anselmo Bispo, além de vários prefeitos e vereadores de municípios por onde vai passar o Canal do Sertão.

 

Ascom