Associação Médica Brasileira cobra do Governo Bolsonaro sobre “kit covid”

Associação Médica Brasileira cobra do Governo Bolsonaro sobre "kit covid"

A Associação Médica Brasileira (AMB) cobrou da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias do SUS (Conitec), vinculado ao Ministério da Saúde, um posicionamento sobre o kit que reúne medicamentos, sem comprovação científica contra a Covid-19.

Entre os remédios avaliados, estão a ivermectina, azitromicina e hidroxicloroquina, todos defendidos pelo presidente Jair Bolsonaro.

A AMB, que reúne 16 entidades médicas, divulgou um manifesto para cobrar a revogação das normas. A associação liderou a elaboração do documento, que critica a Conitec por não ter enviado para consulta pública parecer técnico-científico contra o uso dos remédios do chamado Kit Covid, ineficazes contra a doença.

“O parecer técnico-científico, que contou, entre outros membros, com especialistas da AMB nem ao menos foi enviado à consulta pública. Isso já passados 20 dias de votação encerrada em embate, aos 21 de outubro. Na ocasião, a Conitec se comprometeu a abrir com brevidade o canal de debate público”, publicaram as entidades, em nota.

Redação PNB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.