Mostra do HU-Univasf alerta sobre os impactos da desnutrição no âmbito hospitalar

Mostra do HU-Univasf alerta sobre os impactos da desnutrição no âmbito hospitalar

Em 6 de junho, marca-se o Dia de Combate à Desnutrição Hospitalar e o Hospital Universitário da Univasf (HU-Univasf/Ebserh) apoia a integração interdisciplinar para aumentar a conscientização em torno do tema e aprimorar a recuperação dos pacientes internados, com base na campanha impulsionada pela Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral (BRASPEN/SBNPE).

Neste sentido, a equipe de Nutrição Clínica do HU, em parceria com estagiárias de Nutrição da Universidade de Pernambuco (UPE), realizou a I Mostra ‘Diga não à Desnutrição Hospitalar’, levando informações para o hall do hospital, assim como para as Clínicas Médica, Cirúrgica, Ortopédica e UTI, durante os dias 31 de maio e 1º de junho. Estatísticas sobre o risco nutricional dos pacientes atendidos foram expostas e também recomendações durante a rotina de cuidado, sensibilizando estudantes, profissionais e cuidadores através do método mnemônico com a palavra “DESNUTRIÇÃO”, destacando as letras iniciais e associando-as a conceitos e orientações para o tratamento da desnutrição.

De janeiro a abril deste ano, 76% dos pacientes atendidos no HU-Univasf chegaram à instituição com algum grau de risco nutricional. A cada 100 pacientes avaliados: 35,95% apresentavam desnutrição leve, 23% constatados com desnutrição moderada e 11,86% com desnutrição grave. A desnutrição hospitalar causa graves impactos, aumentando custos hospitalares, complicações clínicas, tempo de internação e taxa de mortalidade em até três vezes.

Com o intuito de evitar consequências relacionadas à desnutrição dos pacientes, nutricionistas do HU investem na adequada avaliação dos casos para a efetividade dos cuidados, conforme necessidades nutricionais estimadas. “Identificado o estado nutricional do paciente, segue-se o fluxograma de intervenção nutricional proposto em protocolos instituídos. Aqui no HU-Univasf, dispomos de um arsenal diversificado de fórmulas enterais industrializadas padrões e especiais (para os pacientes em uso de sonda), módulos de nutrientes e suplementos alimentares orais para o suporte nutricional de pacientes que demandem calorias e proteínas extras, bem como, de outros nutrientes mais específicos, a fim de recuperar o estado nutricional do paciente e contribuir para um tratamento mais completo e de qualidade”, explica Ryane Nascimento, nutricionista vinculada à Unidade Multiprofissional do hospital.

Para Yana Lins, estagiária de Nutrição e integrante da organização da Mostra, a experiência de aprendizado no HU-Univasf enriquece profundamente a sua formação: “Avaliar os pacientes na rotina hospitalar me faz aprender novos aspectos diariamente, aliando a teoria a uma vivência dinâmica, para além da integração junto aos demais profissionais, enriquecendo as experiências a partir da troca de conhecimentos. Fui muito bem recebida por todos os colegas e tenho certeza que as contribuições acerca dos temas nutricionais trarão diversos benefícios aos pacientes”, destacou a graduanda.

Sobre a Rede Ebserh

O HU-Univasf faz parte da Rede Ebserh/MEC desde janeiro de 2014. Estatal vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Vinculadas a universidades federais, essas unidades hospitalares possuem características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Ascom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.