Após denúncia de atraso no pagamento da premiação da da 36ª edição da Meia Maratona Tiradentes, em Juazeiro, Seculte se manifesta

Após denúncia de atraso no pagamento da premiação da da 36ª edição da Meia Maratona Tiradentes, em Juazeiro, Seculte se manifesta

Após participantes da 36ª edição da Meia Maratona Tiradentes de Juazeiro, que aconteceu no dia 24 de abril, denunciarem que até o momento não receberam os valores da premiação, a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (SECULTE) alegou que os atrasos foram provocados por uma irregularidade nas contas bancários fornecidas pelos premiados.

“A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (SECULTE) esclarece que os pagamentos dos premiados da Corrida Tiradentes sofreram atrasos pois, alguns corredores preencheram dados com contas bancárias de terceiros, o que não é permitido, podendo somente ser repassado em nome do próprio corredor. Com a finalização desse processo de triagem das contas, a previsão é de que os recursos sejam pagos até esta quarta-feira (22)”.

Reclamação

Em contato com o PNB, alguns participantes da competição relataram que, a organização do evento esportivo informou que os valores em dinheiro seriam pagos na primeira semana de junho, mas, até o momento, nenhum vencedor recebeu a premiação”

“Os atletas que participaram da meia maratona da Tiradentes no dia 24/04, até hoje, 2 meses depois, não receberam a premiação. Alguns, em sua maioria, são atletas profissionais e vivem disso. Esperam por esse dinheiro para pagar as despesas gerais. Os atletas entregaram os dados, como CPF, número das contas bancárias, e a gente já sabia que pagariam no início de junho. Ficamos aguardando a primeira semana de junho para o dinheiro cair na conta, como não entrou, nós, participantes, começamos a nos comunicar e buscar informações junto ao setor de esportes”, informou uma atleta.

Ela contou ainda que as informações repassadas pelos representantes da gestão municipal são desencontradas e não informam, ao certo, quando irão efetuar os pagamentos.

“Quando ligamos na secretaria de esportes, a pessoa orientou que procurássemos o Secretário de Finanças, de nome Gilson. Resolvemos esperar mais e, como já haviam passado a primeira e a segunda semanas, resolvemos falar com o superintendente de esportes. Ele justificou que tinha ocorrido um problema em algumas contas de atletas, mas que na segunda feira passada, dia 13, faria os pagamentos. Acreditamos na informação, só que já estamos na terceira semana e nada de pagamento e nenhuma previsão. O que soubemos, extraoficialmente, foi que os organizadores da prova informaram no regimento os valores dos prêmios, mas não avisaram ao setor de finanças, e, por conta disso, o setor não se programou para pagar. Só que nós, atletas, não temos nada a ver com isso. Já esperamos demais e eles têm que pagar logo”, cobrou a participante.

De acordo com nossa fonte, nas edições anteriores o pagamento da premiação acontecia na primeira semana de junho.

“Na primeira semana de junho caia o dinheiro e todo mundo já sabia que podia contar com este dinheiro. Não havia atrasos. Já estamos na terceira semana de junho e eles só dando desculpas, dizendo que é hoje, é amanhã e nada. Em outras provas realizadas, até em municípios menores, já saímos com o dinheiro no dia do evento. Com a liberação dos eventos esportivos tem sido assim, justamente para ajudar aos atletas que passaram este tempo de pandemia sem competir e aqueles que são profissionais, passando por dificuldades financeiras. Que a prefeitura agilize os pagamentos logo, pois fizeram muita propaganda e discursos bonitos, mas agora desrespeitam os participantes com esse atraso no pagamento das premiações”, concluiu.

 

 

 

Redação PNB 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.