APLB Sindicato entrega denúncia contra a SEDUC ao Ministério Público em Juazeiro  

APLB Sindicato entrega denúncia contra a SEDUC ao Ministério Público em Juazeiro  

Nesta sexta-feira (22) a APLB Sindicato em Juazeiro, juntamente com o vereador Alex Tanury, deu entrada com denúncia contra a Secretaria de Educação do município após gravações que indicam possível favorecimento da secretária Normeide Almeida em favor de sua irmã Dilvaney Almeida Lima que almejava aprovação para vaga de professor educador de participação cidadã, do programa Projovem em Processo Seletivo realizado pela secretaria.

“A APLB acompanhou a entrega de toda documentação e as provas que agora estão nas mãos do Ministério Público cumprindo nossa obrigação enquanto sindicato. Vamos acompanhar a apuração de todas essas denúncias que foram colocados pelo vereador para que possamos, de fato, buscar a verdade a partir desses vídeos que mostram uma corrupção dentro do governo da prefeita Suzana Ramos, em especial da secretária de educação Normeide Almeida”, assegura o diretor da APLB Sindicato em Juazeiro, Gilmar Nery.

A secretária, segundo a denúncia do vereador, teria usado do poder do cargo para “orientar a comissão a aceitar títulos e elevar a pontuação da irmã, fazendo com que ela pulasse para o primeiro lugar, empatada com uma pessoa, mas assumindo a primeira colocação por causa da idade”. O cargo que a irmã da secretária estava almejando é para professor educador de participação cidadã, do programa Projovem.

Nos áudios divulgados pelo vereador Alex Tanury, a comissão discute entre si e é possível ouvir as pessoas presentes dizerem que os documentos apresentados não podiam sequer ser considerados certificados e não resultariam em pontos.

À imprensa, a prefeitura informou que vai usar de total transparência e lisura e afirma que desconhece as acusações feitas garantindo à população que todas as circunstâncias serão apuradas e as medidas cabíveis adotadas.

Ascom-APLB 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.