Centro de atendimento psicossocial para estudantes e profissionais da rede municipal de ensino será inaugurado na próxima terça-feira (09), em Juazeiro

Centro de atendimento psicossocial para estudantes e profissionais da rede municipal de ensino será inaugurado na próxima terça-feira (09), em Juazeiro

A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), vai inaugurar na próxima terça-feira (09), às 10h, o ‘Espaço Humanizar’, que é um centro de atendimento psicossocial da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc) para atender estudantes e profissionais da rede municipal de ensino. O espaço fica na Rua da Grécia, nº 107, no bairro Coreia, e a comunidade está convidada a participar deste momento.

Uma das metas do Espaço Humanizar é promover a melhoria da qualidade da saúde mental dos estudantes e profissionais da educação, democratizando o acesso ao atendimento terapêutico, a melhoria na qualidade de vida e também nos resultados de aprendizagem da rede municipal.

Para a prefeita Suzana Ramos, esse é mais um salto importante que a gestão está dando. “Essa é mais uma iniciativa pioneira da Prefeitura de Juazeiro, que vai auxiliar psicologicamente os alunos e profissionais da rede municipal de ensino. Será um atendimento especializado e humanizado, com profissionais capacitados e eu tenho certeza que vai fazer toda a diferença”, declara.

Kizzy Bandeira, coordenadora do Espaço Humanizar, ressalta que a inauguração deste centro de apoio à educação garante ainda mais a inclusão de todos os que fazem parte do corpo escolar. “A Prefeitura de Juazeiro, através da Seduc, tem investido num olhar mais humano para a educação, enxergando indivíduos e cada particularidade deles. Estamos muito felizes com mais esta conquista da gestão Suzana Ramos, através da Secretaria de Educação e Juventude”, explicou Kizzy.

Serviços disponíveis

O Espaço Humanizar foi pensado para disseminar a cultura terapêutica holística, por meio de ações efetivas de cuidados com a saúde mental, realizando atendimento e orientação à queixa escolar junto às instituições de ensino. “O espaço irá dispor de serviço de avaliação psicológica aos estudantes da rede municipal, disponibilizando psicopedagogos para a identificação de problemas que estão interferindo no processo ensino/aprendizagem dos estudantes da rede, garantindo acompanhamento específico aos estudantes com deficiência, dislexia, discalculia e transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), promovendo a integração da escola, família e comunidade por meio de ações sociais”, enfatiza a secretária de Educação e Juventude, Normeide Almeida.

Além de promover serviços como triagem pedagógica, psicopedagógica, psicológica, terapêutica e serviço social, o Humanizar irá dispor de espaço de brinquedoteca para acolher o desenvolvimento infantil através de atividades lúdicas. É papel do Espaço Humanizar utilizar-se de procedimentos clínicos visando aliviar sintomas de ansiedade e depressão oriundas do contexto laboral, ademais, o local dispõe de aulas de hidroterapia para estudantes portadores de deficiência; massoterapia para profissionais da educação e atendimentos de fisioterapia para estudantes e demais profissionais da área educacional, em parceria intersetorial com a Secretaria de Saúde (Sesau).

 

Ascom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.