Vereador Dr. Salvador comemora aprovação definitiva do piso salarial para profissionais de enfermagem

Vereador Dr. Salvador comemora aprovação definitiva do piso salarial para profissionais de enfermagem

O vereador de Juazeiro, Dr. Salvador Carvalho, comemorou nesta quinta-feira (4), a aprovação definitiva da lei que fixa pisos salariais para enfermeiros, técnicos de enfermagem e parteiras, aprovada na Câmara, Senado Federal e sancionada ontem pela presidência da república.

Com a aprovação em todas as instancias os enfermeiros passam a ter um piso mínimo de R$ 4.750, os técnicos passam a receber o mínimo R$ 3.325, enquanto os auxiliares e parteiras terão como base de vencimentos R$ 2.375, que passam a valer de imediato, logo que publicação no Diário Oficial da União.

O vereador Dr. Salvador Carvalho celebrou a conquista: “Essa é uma luta que encampamos na região, nos unimos ao deputado Daniel Almeida nessa luta e ele foi um parceiro importante para a aprovação na Câmara Federal. Essa é a vitória, uma reparação histórica para uma categoria importante. Como médico e trabalhando no dia a dia com esses profissionais celebro com muita alegria essa vitória”, comemorou.

A pauta reivindicatória dos profissionais de enfermagem na região sempre encontrou apoio no gabinete do parlamentar, seja na discussão da pauta, nos bastidores e no plenário da Câmara Municipal de Juazeiro, na imprensa, seja pelo encaminhamento de ofícios ao senado, Câmara dos deputados, aos governos do estado e federal, com pedidos de apoio e justificando a necessidade da aprovação urgente da matéria.

Muito Justo. Esses profissionais são fundamentais nas nossas vidas e dos pacientes que tratamos, mas ainda não eram tratados como mereciam quando se fala em remuneração justa. Abraçamos essa causa desde o início e nosso mandato não se furtou a encampar essa causa, pois ela é uma causa que favorece não só os profissionais desse setor, mais a população como um todo“, disse.

Em que pese a conquista, o vereador Dr. Salvador lamentou que o presidente Jair Bolsonaro tenha vetado o reajuste anual do piso salarial da categoria com base na inflação calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor, o INPC.

Na defesa da categoria, em Juazeiro, Dr. Salvador teve aprovada recentemente na Câmara de Vereadores, emenda que estendia a todos os profissionais de enfermagem de Juazeiro, a redução da carga horária para 30 horas, lamentavelmente vetada pelo executivo, que priorizou apenas os profissionais que atuam nas emergências.

Ascom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.