Arquivos Mensais: setembro 2022

Secretaria de Educação se articula para realização dos Jogos Estudantis das Escolas Públicas e Privadas de Sobradinho- JEEPPS

0

 

Após três anos sem a realização dos Jogos Estudantis, em 2022 os estudantes de Sobradinho vão novamente voltar a competir e participar dos JEEPPS, Jogos Estudantis das Escolas Públicas e Privadas de Sobradinho, previstos para acontecer no período de 22 de outubro e 18 de novembro. Nessa edição serão disputadas as modalidades de xadrez, futebol de areia, futsal, handebol, e baleô, esse último esporte sendo exclusivamente disputado pela categoria feminina.

Nesta quinta-feira (29) aconteceu uma reunião para articular os últimos detalhes do evento, como a participação dos gestores escolares, professores de educação física das escolas públicas de ensino fundamental e médio, além de representantes das escolas particulares.

“Mesmo vindo de uma pandemia o Prefeito Cleivynho Sampaio não abriu mão da realização dos jogos, levando em consideração a importância que os mesmos têm na vida dos nossos estudantes. Os JEEPPS são um dos nossos maiores eventos dentro do calendário letivo e sabemos como todos estão ansiosos pela sua realização. Portanto, a reunião acontece para ajustar esses últimos detalhes que nos permitirão proporcionar um momento valoroso para as nossas crianças e jovens”, destacou a Secretária de Educação Ducilene Kestering.

A coordenação adiantou que o jogos deverão acontecer nas sextas, a partir das 17 horas, e durante os sábados. O cronograma prevê, assim, que as aulas dos demais componentes curriculares não necessitem de interrupção para que os estudantes não tenham sua jornada de 200 dias letivos de aprendizagem prejudicada.

Ascom/PMS

Fiocruz divulga boletim com melhor cenário epidemiológico desde 2021

0

Desde o início da pandemia de covid, o Brasil está no patamar mais baixo de síndrome respiratória aguda grave (SRAG). O melhor cenário desde que a doença surgiu foi descrito no boletim mais recente do InfoGripe, divulgado nesta sexta-feira (30) pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

De acordo com a fundação, o melhor cenário epidemiológico no país se estende desde o início de agosto e permanece até 24 de setembro, período analisado pela pesquisa. A tendência de queda nas infecções pelo vírus acontece tanto para curto como para longo prazo no Brasil, destacou a Fiocruz.

No geral, os dados seguem apontando para o amplo predomínio do vírus SARS-CoV-2, especialmente na população idosa, apesar de manter a queda dos casos. As crianças de 0 a 4 anos se mantém como segundo grupo com maior número de internações semanais no Brasil, representando entre 5 e 10% das hospitalizações.

Apesar da manutenção de queda nos casos associados a covid, o vírus influenza A apresentou aumento entre os brasileiros, especialmente entre as populações de São Paulo e do Distrito Federal. Em setembro, segundo a Fiocruz, a influenza A representa 15% de todas as contaminações virais.

BNews

Brasil recebe primeiro lote de medicamento para tratamento da Covid-19

0

O Ministério da Saúde recebeu o primeiro lote de medicamentos incorporados ao Sistema Único de Saúde (SUS) para tratamento da Covid-19 nessa quinta-feira (29). São 50 mil unidades do antiviral formado pelos comprimidos nirmatrelvir e ritonavir. O remédio é indicado para o tratamento da infecção de pessoas com risco de internações, complicações e mortes por causa da doença.

O medicamento, produzido pela Pfizer, foi desenvolvido para ser administrado por via oral, até cinco dias do início dos sintomas, após diagnóstico confirmado com teste reagente/detectável para o coronavírus, seja pelas metodologias de testes rápidos de antígeno (TR-Ag) ou por testes de biologia molecular (RT-qPCR ou LAMP).

“Com a chegada dessa medicação, teremos mais um tratamento disponível nas Unidades Básicas de Saúde para os médicos que, com autonomia, poderão prescrevê-la nos casos que estão indicados, e trará benefícios para as pessoas que precisem dessa terapia”, destacou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

“Este antiviral entregue ao Ministério foi o primeiro que a Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec) deu parecer favorável e que foi possível ser incorporado”, disse a secretária de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Sandra de Castro, durante a entrega do lote, nessa quinta (29), no Aeroporto de Guarulhos (SP).

“Tão importante quanto desenvolver moléculas capazes de mudar o curso das doenças é buscar que essas inovações cheguem às mãos dos pacientes. Reforçamos nosso compromisso junto ao Ministério em atuar para salvar vidas”, disse a presidente da Pfizer Brasil, Marta Díez.

A associação de NMV/r está indicada no SUS para pacientes com diagnóstico confirmado de covid-19 com sintomas leves a moderados, que podem evoluir para sintomas mais graves, que não requerem oxigênio suplementar, independentemente do status vacinal, segundo os seguintes critérios de indicação:

– Imunocomprometidos com 18 anos ou mais (segundo os critérios utilizados para priorização da vacinação para covid-19);

– Pacientes com 65 anos ou mais; a ser administrado em até 5 dias do início dos sintomas.

As demais 50 mil unidades do antiviral, encomendadas pelo Ministério da Saúde, estão previstas para serem entregues no início de 2023, segundo a previsão do laboratório.

Ministério da Saúde

Ellen e Isaac Carvalho agradecem a confiança e apoio recebidos durante toda a campanha eleitoral e a candidata garante “Uma responsabilidade que abraço com muita coragem e vontade de servir”

0

Ellen e Isaac Carvalho agradecem a confiança e apoio recebidos durante toda a campanha eleitoral e a candidata garante “Uma responsabilidade que abraço com muita coragem e vontade de servir”

Chegando a reta final da campanha, a candidata a deputada estadual Ellen Carvalho (PT) faz uma avaliação bastante positiva da aceitação à sua candidatura e agradece a receptividade dos moradores de Juazeiro e demais distritos, comunidades e cidades por onde esteve, e também aos parceiros, lideranças e a sua militância.

“O crescimento da nossa campanha foi além de todas as expectativas! Somando a força e o trabalho comprovado do meu parceiro Isaac Carvalho com a minha garra e determinação fizemos uma campanha produtiva e muito bem aceita por onde passamos. Visitamos as pessoas, dialogamos, ouvimos suas necessidades. Fomos recebidos com muita confiança e calor humano. Minha gratidão a cada abraço, palavra de apoio, gesto de confiança e porta aberta que recebemos durante estes dias. Agradeço a Deus Por iluminar nossa caminhada, a nossa militância animada, a minha família e a todos os parceiros e lideranças que nos deram todo suporte”, disse Ellen Carvalho, agradecendo também ao ex-prefeito de Juazeiro Isaac Carvalho, líder do projeto político que a petista representa

“Por onde passamos só recebemos declarações de reconhecimento ao trabalho do meu companheiro Isaac Carvalho, considerado o melhor prefeito de Juazeiro por ter feito uma transformação no nosso município, se tornando um líder da região Norte do estado. Agradeço a Isaac a confiança de ter apresentado o meu nome. Uma responsabilidade que abraço com muita coragem e vontade de servir, defendendo as pautas do povo sertanejo, de Juazeiro e da Bahia”, agradeceu a candidata.

O ex-gestor de Juazeiro reforçou a necessidade de eleger Ellen Carvalho neste pleito de 2022, como forma de fortalecer o projeto político do grupo que lidera em 2024.

“O que eu admiro em Ellen é sua garra, determinação e o cuidado que ela tem com as pessoas. Confio em sua capacidade e sei que ela está preparada para representar nosso projeto. Quero pedir a você, que reconhece o nosso trabalho e confia em mim, que vote nos candidatos do nosso time. Na minha companheira Ellen Carvalho, para deputada estadual, 13.165 e para Deputado Federal no nosso amigo TUM – 7021 que faz parceria com a gente em Casa Nova também. Juntos, Ellen e Tum, vão fortalecer ainda mais o nosso projeto em Juazeiro, na região e na Bahia. Agradecemos toda confiança e apoio que recebemos nesta caminhada”, declarou Isaac Carvalho.

Nestes dias de campanha foram muitas as manifestações de apoio e confiança a candidatura da única mulher da região a pleitear uma vaga na Assembleia Legislativa e, sendo eleita no dia 2 de outubro, será a primeira mulher de Juazeiro e região a ocupar uma vaga no parlamento baiano

“Eu estou apoiando Ellen por ser uma pessoa que reside na nossa região, conhece a nossa realidade, conhece a dificuldade do povo e porque eu acho muito importante a imagem da mulher na política. A gente precisa de alguém que nos represente e pela postura dela eu acredito que vai dar certo”, disse Francilene Sarmento, Assistente administrativa da Fazenda Global, Projeto Curaçá, em Itamotinga.

“Primeiramente, mulher tem que apoiar outra mulher, para ela lutar pelas nossas causas”, declarou a comerciante de Juazeiro Samira Brito.

“Estudamos juntos e conheço ela há muito tempo, pelo que eu conheço dela, sempre vai lutar para melhorar a Bahia”, revelou Allan Gleyson, também comerciante de Juazeiro.

“Eu espero que ela venha fazer um grande trabalho. Confio nela porque conheço o trabalho de Isaac há muitos anos e tenho certeza que ele é um grande professor para ela. Ellen Carvalho é o melhor para a Bahia”, disse Alcimara Santos, moradora do Residencial Brisa da Serra, em Juazeiro.

“Para nós mulheres é importante ter uma mulher na política. Além disso, ela é do partido de um presidente que é a mudança. Vou apoiar pessoas que querem fazer a mudança, e por isso, minha deputada estadual é Ellen Carvalho,” disse a estudante de Juazeiro Joane Ramos.

“Estou apoiando Ellen porque precisamos de mulheres defendendo a nossa região e ela sempre vem lutando e defendendo nossas causas. Por isso que agora estamos juntos para somar e contribuir cada vez mais,” afirmou Egídio Trindade, engenheiro agrônomo, morador de Uauá.

“Estamos apoiando a candidata a deputada Ellen Carvalho, garantindo que ela seja a representante aqui para a nossa região. Uma pessoa acessível para Jaguarari. Esperamos que ela continue assim, avançando cada vez mais com o propósito de ajudar as pessoas”, disse o vereador de Jaguarari, João Paulo Lopes.

Ascom/Ellen Carvalho

Prefeitura de Petrolina anuncia gratuidade nos ônibus para o domingo de eleição; Juazeiro não adotou a medida

0

“Domingo é um dia importantíssimo para nosso país e como sempre buscamos facilitar a vida dos petrolinenses, temos uma ótima notícia: neste domingo todos os ônibus da região urbana serão gratuitos! As linhas seguirão free até às 23h para que possam ir votar com calma. Bora exercer nosso papel e fortalecer a democracia!”, este foi o comunicado da Prefeitura de Petrolina através do Instagram da instituição.

O município é o primeiro do estado de Pernambuco a adotar a medida. A partir das 6 horas da manhã o acesso será gratuito.

Já em Juazeiro, apesar da recomendação da Defensoria Pública do Estado da Bahia para que as prefeituras ofereçam gratuitamente no transporte público coletivo no domingo de eleição, a gestão municipal não adotou a medida, segundo informou ao PNB, a assessoria da gestão municipal

Pelo menos sete capitais do país vão oferecer a gratuidade na tarifa de ônibus para as eleições de domingo (2): Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Maceió (AL), São Luís (MA), Manaus (AM), Porto Alegre (RS) e Salvador (BA).

Recomendação

A Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE-BA reforçou nesta sexta-feira (30) a recomendação feita às prefeituras para que ofereçam gratuitamente transporte público coletivo no domingo de eleição, se tiverem condição de fazer.

A instituição já havia enviado ofícios com a recomendação na quarta e na quinta (28 e 29) à Prefeitura de Salvador e a todos os municípios que contam com uma unidade da Defensoria instalada, mas reforçou o pedido por e-mails assim que saiu a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que recomendou a gratuidade no dia 02 de outubro e proibiu a redução do serviço de transporte público coletivo na data.

Os ofícios, que foram enviados pela Especializada de Proteção aos Direitos Humanos da Defensoria, questionaram também o valor da tarifa a ser cobrada, e se vai haver ampliação da frota e horário especial de funcionamento na eleição. Neles, a Defensoria da Bahia considera o exercício do direito ao voto como fundamental e indispensável para a garantia da soberania popular e da própria democracia.

Além disso, pede o cumprimento da decisão do ministro do STF Luís Roberto Barroso, que considerou a medida importante para o exercício do direito ao voto, em um contexto de empobrecimento da população no últimos anos, por causa da pandemia de Covid-19 e do aumento da inflação.

Redação PNB

Defensoria da Bahia recomenda a prefeituras que disponibilizem transporte gratuito no dia da eleição para que mais pobres possam votar

0

A Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE-BA reforçou nesta sexta-feira (30) a recomendação feita às prefeituras para que ofereçam gratuitamente transporte público coletivo no domingo de eleição, se tiverem condição de fazer.

A instituição já havia enviado ofícios com a recomendação na quarta e na quinta (28 e 29) à Prefeitura de Salvador e a todos os municípios que contam com uma unidade da Defensoria instalada, mas reforçou o pedido por e-mails assim que saiu a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que recomendou a gratuidade no dia 02 de outubro e proibiu a redução do serviço de transporte público coletivo na data.

Os ofícios, que foram enviados pela Especializada de Proteção aos Direitos Humanos da Defensoria, questionaram também o valor da tarifa a ser cobrada, e se vai haver ampliação da frota e horário especial de funcionamento na eleição. Neles, a Defensoria da Bahia considera o exercício do direito ao voto como fundamental e indispensável para a garantia da soberania popular e da própria democracia.

Além disso, pede o cumprimento da decisão do ministro do STF Luís Roberto Barroso, que considerou a medida importante para o exercício do direito ao voto, em um contexto de empobrecimento da população no últimos anos, por causa da pandemia de Covid-19 e do aumento da inflação.

Decisão do STF

A decisão do STF determina ao poder público municipal “que mantenha o serviço de transporte público urbano coletivo de passageiros em níveis normais, sem redução específica no domingo das eleições”; e veda aqueles que já ofereciam esse serviço gratuitamente aos domingos – ou por causa do pleito eleitoral – de deixar de fazê-lo.

Em caso de descumprimento, é possível denunciar à Defensoria Pública da Bahia, que estará em plantão no domingo de eleição, através dos contatos abaixo:

Defensoria Pública da Bahia

46% dizem ter deixado de falar com amigos e familiares sobre política, mostra pesquisa

0

Quase metade dos brasileiros diz ter deixado de falar com amigos ou familiares sobre política para evitar discussões nos últimos meses, aponta pesquisa Datafolha. Esse índice é de 46%, similar ao registrado em julho (49%).

O silêncio é mais comum entre mulheres, mais jovens, mais escolarizados, mais ricos e eleitores de Ciro Gomes, do PDT (54%). Também é maior entre os apoiadores de Luiz Inácio Lula da Silva, do PT (48%), em comparação aos de Jair Bolsonaro, do PL (40%).

Outro resultado que mostra preocupação do eleitor em tocar no assunto, perguntado pela primeira vez pelo instituto, é o número de pessoas que se sentiram menos à vontade para declarar seu voto para presidente recentemente: 35%.

O receio pode ser reflexo da série de episódios de violência política que tem marcado as eleições de 2022 em diversos estados do Brasil. Um dos que gerou mais comoção aconteceu em julho, quando um tesoureiro do PT foi morto por um policial penal bolsonarista no Paraná.

Neste mês, um apoiador do presidente matou com 70 facadas um colega de trabalho que apoiava Lula em Mato Grosso. No último sábado (24), no Ceará, um homem esfaqueou outro após entrar em um bar perguntando quem votaria no petista.

No mesmo dia, um outro homem que usava uma camiseta com menção a Bolsonaro foi esfaqueado no município de Rio do Sul, em Santa Catarina. A Polícia Civil investiga se o crime teve motivação política ou se foi uma briga familiar.

Segundo a pesquisa Datafolha, 14% afirmam ter sido ameaçados verbalmente por suas posições políticas nos últimos meses, número semelhante ao do levantamento de julho (15%). O número vai a 16% entre os eleitores de Lula e 12% entre os de Bolsonaro.

Já as ameaças físicas são citadas por 5%, nível também próximo ao da rodada anterior, que aferiu 7%. O resultado novamente varia positivamente entre simpatizantes do petista (6%) e negativamente entre bolsonaristas (3%).

O instituto ouviu agora 6.800 pessoas de 16 anos ou mais em 332 cidades, de terça (27) a quinta (29), com margem de erro de dois pontos percentuais. Contratado pela Folha de S.Paulo e pela TV Globo, o levantamento foi registrado na Justiça Eleitoral sob o número BR-09479/2022. O índice de confiança é de 95%.

A rodada mostra ainda que falar sobre suas preferências políticas ou revelar quem é seu candidato a presidente em locais públicos, a desconhecidos, é visto como a situação que mais pode gerar problemas –34% citam essa opção, em resposta múltipla.

O trabalho aparece como o segundo ambiente com mais desconforto (24%), seguido de locais com a família, amigos ou colegas (21%), igreja ou culto (16%) e escola ou faculdade (9%). Só 1% citam pesquisas eleitorais e 14% dizem não ver incômodo em nenhuma dessas situações.

Homens veem mais problema no trabalho e mulheres, com a família. Moradores do Centro-Oeste temem os lugares públicos acima da média de outras regiões. Eleitores de Lula, por sua vez, citam mais as igrejas e cultos do que os apoiadores de Bolsonaro.

O Datafolha aponta ainda uma afinidade política dentro das famílias brasileiras: 66% dos entrevistados afirmam que todos ou a maioria dos seus parentes votarão no mesmo candidato a presidente que eles (74% entre lulistas e 75% entre bolsonaristas).

Outros 15% dizem que uma minoria dos seus familiares escolherá o mesmo postulante ao cargo e 10%, que ninguém vai votar igual. A soma desses dois índices sobe para 34% entre os mais jovens, para 63% entre os eleitores de Ciro e para 59% entre os de Simone Tebet (MDB).

BNews

Bahia registra 453 casos de Covid-19 e mais 4 óbitos

0

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 453 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,03%), 382 recuperados (+0,02%) e 4 óbitos. Dos 1.697.693 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.666.254 já são considerados recuperados, 736 encontram-se ativos e 30.703 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações.

boletim epidemiológico desta sexta-feira (30) contabiliza ainda 2.033.272 casos descartados e 358.492 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta sexta-feira. Na Bahia, 68.581 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento a Bahia contabiliza 11.662.217 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.819.777 com a segunda dose ou dose única, 7.349.288 com a dose de reforço e 2.273.575 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 1.045.525 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 686.204 já tomaram também a segunda dose. Do grupo de 3 e 4 anos, 49.875 tomaram a primeira dose e 9.977 já tomaram a segunda dose.

Secom Bahia

Inscrições para o Exame Nacional de Residência terminam nesta segunda-feira (3)

0

Nesta edição, foram ofertadas mais de 4 mil vagas de residências em 92 instituições para as áreas de medicina, enfermagem, farmácia, psicologia, biomedicina e entre outras

studantes da área de saúde que desejarem participar da edição 2022/2023 do Exame Nacional de Residência (Enare), realizado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), entidade vinculada ao Ministério da Educação (MEC), têm até a próxima segunda-feira (3) para realizarem a inscrição. Nesta edição, foram ofertadas mais de 4 mil vagas de residências em 92 instituições para as áreas de medicina, enfermagem, farmácia, psicologia, biomedicina entre outras.

As inscrições devem ser realizadas por meio do site enare.ebserh.gov.br. Em seguida, os candidatos receberão o boleto para quitação da taxa de inscrição, que nesta edição terá o vencimento para o dia subsequente. Vale ressaltar que a inscrição será confirmada somente após o pagamento da taxa, que é de R$ 270,00 para residência médica, independentemente da especialidade, e R$ 180,00 para todas as profissões das áreas uniprofissional ou multiprofissional.

O processo seletivo contempla instituições públicas e privadas sem fins lucrativos com vagas de Programas de Residência Médica ou Programas de Residência em Área Profissional da Saúde (uniprofissional ou multiprofissional), reconhecidos pelo MEC e que possuam vagas autorizadas com financiamento das bolsas garantido.

O período para o envio da documentação para análise curricular ocorrerá até o dia 5 de outubro. As provas objetivas serão aplicadas no dia 6 de novembro nas capitais de todos os estados e no Distrito Federal, além de 23 grandes centros. A previsão é de que o resultado seja divulgado ao final deste ano, uma vez que o período para a matrícula dos aprovados vai de 10 de fevereiro a 31 de março de 2023.

O Enare tem como objetivo otimizar a forma de selecionar os residentes, oferecendo benefícios para as instituições e candidatos. Nas duas primeiras edições, as instituições participantes tiveram menos vagas ociosas, eliminaram os custos e a carga burocrática da realização dos exames individuais e ampliaram a qualificação da seleção. Para os candidatos, o Exame unificado apresentou vantagens como menor custo, data única para a realização das provas, aplicação em todas as capitais e algumas cidades-polo, possibilidade de escolha de onde o residente queria atuar, entre outras.

Enem da Residência

O sistema de classificação do Enare é muito próximo ao do Enem/Sisu, em que o candidato sai com a nota alcançada na especialidade escolhida após as provas e a utiliza para indicar onde pretende atuar. O sistema fica aberto por um tempo determinado para que cada candidato registre o local de sua preferência. As melhores notas se sobrepõem às menores, determinando quem ocupará as vagas. Em seguida, ele é aberto novamente para preencher as vagas ociosas e para a formação de cadastro reserva, reduzindo muito a possibilidade de deixar vagas em aberto.

A primeira edição do exame, realizada em 2020, contou com mais de 4,1 mil inscritos que disputaram 304 vagas em oito hospitais da Rede Ebserh/MEC, além de um hospital militar. A segunda edição, realizada no ano passado, contou com mais de 32 mil inscritos para 3,2 mil vagas em 81 instituições.

 Assessoria de Comunicação Social do MEC com informações da Ebserh