Arquivos diários: 20 de setembro de 2022

Diretor na AMA, convocado pela Câmara de Vereadores de Juazeiro, explica critérios de distribuição de Boxes do Mercado Municipal e diz que ” sugestões estão sendo avaliadas”

0

Após permissionários questionarem sobre critérios usados pela gestão municipal de Juazeiro, no Norte da Bahia, para a distribuição dos boxes do Mercado Joca de Souza, recentemente reformado, o diretor presidente da Autarquia Municipal de Abastecimento, Carlos Neiva, participou nesta terça-feira (20) de uma audiência na Câmara de Vereadores. A convocação do gestor foi aprovada na sessão da última quarta-feira (14).

Durante a audiência, que teve início por volta das 11h40, Neiva falou que o maior problema na distribuição dos boxes está sendo a quantidade de permissionários cadastrados, processo realizado durante a gestão de Zé Carlos Medeiros, quando superintendente do órgão, e validada por uma comissão de permissionários, ser superior ao número de espaços existentes no Mercado Municipal.

“Recebemos a lista inicial com 235 cadastros, e 206 espaços, sendo 158 boxes, e 48 bancas, com um total de 206 espaços. Com as reuniões, mais 17 pessoas nos procuraram possuindo a documentação, e foram colocadas em apreciação pela comissão. Ou seja, total de cadastrados de 252 para 206 espaços”, esclareceu.

Neiva informou ainda que diante do grande impasse, algumas providências foram adotadas para tentar solucionar o problema.

“Para a construção de soluções para o impasse foi realizada a identificação e validação dos nomes cadastrados feito pela comissão e validação dos nomes por seguimento”, acrescentou.

Ainda de acordo com o gestor da AMA, a validação dos nomes dos permissionários cadastrados ocorreu sem problemas nos setores de artesanato, calçados, carnes e cereais. O impasse estaria ocorrendo somente no setor de confecções, onde existem 118 pessoas cadastradas para 70 vagas.

“Foi necessário o estabelecimento de critérios, que foram 100% aprovados pela comissão, mas que podem ser alterados caso os senhores acharem que não são legítimos. Os critérios são: prioridade para permissionários ativos, prioridade para permissionários que foram realocados e trabalhavam no lado de fora do mercado vendendo frutas e verduras, e a realização de sorteio para o restante das vagas.”, explicou.

Neiva disse também que após a divulgação dos critérios, foi procurado por uma comissão de permissionários, que apresentaram novas sugestões para a solução do problema.

“O grupo sugeriu o aumento das vagas existentes com a divisão dos boxes maiores, dar prioridade aos permissionários mais antigos, avaliar casos de permissionários com dois ou mais pontos, construções de box novos na entrada da Travessa Ribeiro, a não entrega das chaves até que a solução definitiva do impasse, e refazer a comissão que validou os cadastros. As sugestões estão sendo avaliadas”, informou.

Ainda durante a audiência, o diretor presidente assumiu que pessoas irão ficar inevitavelmente de fora da distribuição dos boxes e que existem sim casos de famílias com 4 ou mais boxes no Mercado Joca de Souza.

Neiva finalizou destacando que não houve nenhuma alteração na lista de permissionários cadastrados durante a gestão de Zé Carlos Medeiros.

“Trabalhamos todo tempo de maneira transparente, democrática e participativa, com o cadastro já existente revendo nome por nome para sua validação por unanimidade pela referida comissão de permissionários”.

Veja a audiência na íntegra:

Redação PNB

“Se ela tá com ele eu tô com ela”: moradoras e moradores do Alto da Aliança, em Juazeiro, recebem Ellen Carvalho (PT) com festa

0

 

Nesta segunda-feira (19), a candidata Ellen Carvalho (PT) foi recebida de forma muito calorosa pelos moradores do bairro Alto da Aliança, em Juazeiro.

A caminhada pelas ruas do bairro ganhou a adesão dos moradores e logo se formou uma multidão para acompanhar a petista que estava ao lado do ex-prefeito de Juazeiro Isaac Carvalho e de apoiadores de sua campanha.

Mais uma vez, muitas manifestações de apoio e reconhecimento ao trabalho do ex-gestor, numa demonstração do crescimento da candidatura de Ellen Carvalho.

“A minha cidade só teve uma melhora durante o mandato de Isaac. Então, por isso, eu estou com Ellen. Se ela tá com ele eu tô com ela”, declarou a comerciante Zenaide Teixeira.

“As mulheres são poderosas e podem estar em tudo, por isso eu estou com Ellen pra nos representar”, disse a diarista Rita Fernandes.

Nesta terça-feira (20) Ellen Carvalho cumpriu agenda no Mercado do Produtor de Juazeiro e a noite fará um porta a porta na Vila Santa Santa Inês e NHI, no distrito de Maniçoba.

Ascom/Ellen Carvalho 

 

 

Petrolina: Defesa Civil orienta sobre prevenção de incêndios e queimadas

0

As condições climáticas de estiagem, altas temperaturas, ventos fortes e baixa umidade são fatores que agravam o cenário de incêndios e queimadas na região do Sertão do São Francisco. Mas, é a ação humana uma das principais responsáveis pelo fogo que destrói o meio ambiente, como também causa danos à saúde humana. A Defesa Civil de Petrolina orienta sobre prevenção e conta com a população para diminuir as trágicas ocorrências.

De acordo com a Defesa Civil, semana passada ocorreu um incêndio de grande proporção atingindo a vegetação na comunidade Poço da Cruz. “Pedimos atenção da população e alertamos ainda que praticar queimada é considerado crime pela lei 9.605/98 (Crimes Ambientais). É lamentável constatar que em boa parte delas ocorrem por atitudes criminosas e negligência. É muito comum verificar que os incêndios em áreas verdes têm início com a colocação de fogo para a limpeza de terrenos pelos próprios proprietários, que perdem o controle da situação com o alastramento do fogo devido aos ventos. Além de crime previsto na legislação ambiental, o proprietário do terreno e o autor do incêndio pagarão multas por atearem fogo na vegetação”, alertou o coordenador da Defesa Civil, Marcondes Inácio.

Saiba outras medidas que você pode tomar para ajudar a evitar queimadas neste período de estiagem com algumas atitudes simples:

– Não deposite lixo, especialmente vidro, em terrenos baldios e não colocar fogo;

– Não faça queimadas nas proximidades das florestas, especialmente em dias secos com muito vento;

– Não faça fogo no interior das matas nem lance foguetes ou outro fogo de artifício;

– Limpe o mato à volta da sua habitação e terrenos baldios particulares;

– Evite fumar em locais com materiais combustíveis;

– Armazenar materiais de forma organizada e em locais limpos.

Ascom PMP

Alex Tanuri: “Não podemos brincar com a vida de pessoas que dependem do Mercado Joca”

0

A sessão ordinária da Câmara de Vereadores, que se iniciou às 9:00 horas desta terça-feira (20/09), tem a galeria lotada por permissionários do Mercado Joca de Souza Oliveira e a presença do Diretor Presidente da AMA, Carlos Neiva, que irá falar sobre os critérios que nortearam a distribuição dos novos boxes.

Tanuri, que acaba de falar, cobrou coerência da administração e respeito aos permissionários, pois “agora que está bonito, vem pessoas querendo tirar o direito de quem vende”, referindo-se à permissionários que ficaram de fora da distribuição dos novos boxes.

Todos os discursos, oposição e situação, reafirmaram a total concordância com os direitos adquiridos dos permissionários, diferindo apenas na forma de se refazer a distribuição. O registro necessário é o pronunciamento da Vereadora Neguinha e do Vereador Aníbal que isentaram de culpa a Prefeita Suzana Ramos na distribuição dos boxes, sem atender aos que já negociavam no Mercado.

A sessão ordinária foi encerrada às 11:10 e, às 11:36, o Presidente Berg convocou os vereadores para o inicio da sessão especial que irá ouvir o Presidente da Agência Municipal de Abastecimento – AMA, Carlos Neiva.

Ascom

Serviços essenciais são mantidos em Petrolina durante o feriado

0

Devido ao feriado do aniversário de 127 anos de emancipação política de Petrolina, nesta quarta-feira (21), alguns serviços estarão suspensos em Petrolina. Não haverá expediente na administração municipal. Os serviços reabrem normalmente na quinta-feira (22).

O feriado não altera as atividades consideradas essenciais, como segurança, limpeza pública, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e o Centro de Parto Normal.

A Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) informa que o transporte público irá operar com tabela de fim de semana e os passageiros podem consultar os horários atualizados, em tempo real, por meio do aplicativo ‘BUS2’.

Ascom

Com 8 novos pacientes infectados, Petrolina está com 133 casos ativos da Covid-19

0

O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde nessa segunda-feira (19) registra que, dos 64 leitos de UTI disponíveis para a rede PEBA, 24 estão ocupados, com isso, a taxa fica em 37,5% ocupação.

Além desses dados, a Secretaria de Saúde registrou oito casos de COVID-19. Foram realizados 199 testes no polo montado pela secretaria. A cidade tem 685 mortes causadas pela doença.

Petrolina está com 62.523 pessoas já infectadas pelo novo coronavírus. Desse total, 61.705 já estão recuperadas, isso significa 98,7% de cura clínica. O município está com 133 casos ativos da Covid-19. Outras informações sobre a pandemia estão disponíveis no site: petrolina.pe.gov.br/coronavirus.

 

 

Ascom

Acusado de participar do latrocínio ocorrido no bairro Dom Tomaz, em Juazeiro, é preso; vítima foi assassinada na frente da família

0

Um homem, que não teve o nome divulgado, foi preso preventivamente acusado de envolvimento no latrocínio de Manoel Bonfim Neto, de 48 anos. O crime ocorreu na noite do dia 04 de julho deste ano, no bairro Dom Tomaz, em Juazeiro, no Norte da Bahia.

A vítima foi assassinada na frente da família, dentro da própria residência, durante um assalto.

“As filhas da vítima estavam na porta de casa quando o suspeito anunciou o assalto. Uma delas correu para dentro da residência, foi perseguida pelo criminoso, que ao se deparar com Manoel, se assustou e efetuou os disparos”, detalhou o titular da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de Juazeiro, delegado Reginaldo César Cabral de Lima.

Ainda segundo as informações, o suspeito também é investigado por homicídios e mais quatro inquéritos policiais instaurados na unidade especializada por roubos de motocicletas.

“O comparsa dele nos roubos das motos já havia sido preso e permanece no Conjunto Penal de Juazeiro, à disposição da Justiça. Seguimos com as investigações no sentido de responsabilizar outros autores dos crimes citados”, acrescentou o titular da DRFR de Juazeiro.

O assassinato de Manoel gerou repercussão e chocou a população de Juazeiro.

 

Redação PNB

Confira a cotação dos hortifrutigranjeiros comercializados no Mercado do Produtor de Juazeiro nesta terça-feira

0

O Mercado do Produtor de Juazeiro divulgou a cotação dos produtos comercializados no entreposto nesta terça-feira (20). Os valores apresentados são obtidos através de pesquisa diária no mercado, que funciona de segunda a segunda-feira (das 2h às 22h) e aos sábados (das 2h às 17h) e aos domingos a partir das 21h.

O consumidor que for ao Ceasa ao longo do dia pode encontrar cebola pera por R$ 75,00 a saca com 20 kg; cenoura por R$ 52,50 a saca de 20 kg; beterraba por R$ 52,50 a saca de 20kg; tomate (1ª) por R$ 35,00 a caixa de 26 KG; abóbora comum por R$ 2,00 o kg; melão amarelo R$ 1,75 o kg; batatinha por R$ 175,00 a saca de 26 kg; chuchu por R$ 50,00 a caixa com 20 kg; e manga Tommy (1ª) por R$ 40,00 a caixa de 26 kg.

Veja a cotação completa 

20092022

Ascom AMA

Coletivo de Teatro do Oprimido irá criar e apresentar espetáculo totalmente virtual

0

O Laboratório Alagoano de Teatro do Oprimido (LATO) vai estrear em novembro o primeiro espetáculo virtual do grupo intitulado “Oi, vocês me escutam?”, que contará com quatro apresentações através da plataforma Zoom, e replicada nas redes sociais do Coletivo. A montagem do espetáculo começou neste mês de setembro, e todo o preparo está acontecendo à distância, reunindo artistas dos estados de Alagoas, Rio de Janeiro e Bahia.

O espetáculo é produzido e dirigido por Udson Pinheiro Araújo, que, provocado pelo negacionismo durante a pandemia, e pelas questões sociais, políticas e culturais que atravessam o país, propôs a criação do espetáculo. “A ideia surge da inquietação sobre como poderíamos continuar trabalhando com o Teatro do Oprimido no contexto pandêmico. A tragédia sanitária e social que vivemos nos apontava para uma necessidade ainda mais urgente de propostas artísticas que se posicionam e contribuem para a reflexão crítica. Queríamos promover espaços de diálogo, que fossem também o lugar para ensaiar e exercitar ações coletivas libertadoras”, explica o diretor.

Com a paralisação das apresentações teatrais, as dificuldades que a cultura enfrentou para se manter de maneira independente, e a luta por medidas governamentais de auxílio aos/às trabalhadores/as da cultura também influenciou o coletivo a inovar na modalidade virtual. “A gente precisava “reinventar” as nossas formas de luta e de criação naquele momento. E ainda víamos essa reinvenção ser colocada em alguns meios de comunicação como algo muito bom, uma inovação, e não como uma necessidade diante de uma calamidade”, destaca Udson.

O espetáculo “Oi, vocês me escutam?” é construído a partir da metodologia do Teatro do Oprimido, criada pelo Augusto Boal nos anos de 1960, que usa o teatro como ferramenta de trabalho político, social, ético e estético, contribuindo para transformar o/a espectador/a em sujeito atuante, transformador da ação dramática que lhe é apresentada. Augusto Boal é um teatrólogo brasileiro reconhecido mundialmente, e importante na renovação do Teatro Nacional e na resistência à Ditadura Militar no Teatro de Arena de São Paulo.

Udson destaca que a metodologia do Teatro do Oprimido é realizada em mais de 70 países nos cinco continentes e contribui na democratização ao acesso à prática teatral, e exercita as linguagens como instrumento para a população ser locutor da sua própria história. Buscando refletir o cenário da desinformação, do crescente uso das Fake News e outras formas de manipulação nas redes que se intensificou no atual governo brasileiro, o espetáculo utiliza o Teatro Jornal.

Criação na Pandemia

O espetáculo, assim como vários outros, foi contemplado com recursos provenientes da Lei Aldir Blanc. O diretor Udson destaca que a Lei fundamental para sobrevivência e revitalização de artistas e coletivos que não tinham acesso a recurso público para realizar suas atividades. “A precarização na Cultura não é algo novo, mas a vulnerabilidade social aumentou, manifestações culturais inteiras poderiam ter se perdido sem uma política como essa”.

A lei estabelece uma série de medidas emergenciais para o setor cultural, fortemente impactado pela pandemia do coronavírus (Covid-19), a partir de subsídios do governo. Em contrapartida, o projeto precisa garantir a gratuidade para o público e prestar conta para com o estado onde o projeto foi aprovado. Essa é a segunda vez que o LATO conta com apoio financeiro do Governo de Alagoas, através da Secretaria de Estado da Cultura, via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo do Governo Federal. O primeiro projeto aprovado foi o “Ciclo de Formação em Teatro do Oprimido”, no ano passado. O Ciclo formou 15 multiplicadoras e multiplicadores de 10 estados brasileiros, que já estão ministrando novas oficinas e realizando projetos.

Laboratório Alagoano de Teatro do Oprimido

O LATO é um coletivo que há 12 anos atua com diversas ações no cenário cultural de Alagoas, na perspectiva de desenvolver e ampliar as atividades do Teatro do Oprimido no estado. Desde da sua fundação, o grupo vem realizando mostras, eventos, apresentações teatrais, exposições de artes visuais, cursos e oficinas de curta, média e longa duração, com diversos públicos, com destaque para atuação em comunidades periféricas e do interior do estado, junto a estudantes de escolas públicas, usuarias/os dos serviços de saúde mental e diversos movimentos sociais.

Para acompanhar o trabalho da LATO e ficar por dentro da montagem do espetáculo “Oi, vocês me escutam?” é só seguir o coletivo no Instagram @lato_org.

Ascom