Juazeirense no Catar: Glauber Dantas fala ao PNB sobre experiência ao chegar ao país muçulmano para a Copa do Mundo

0

O jornalista juazeirense Glauber Dantas, está em Doha, no Catar, onde está acontecendo a Copa do Mundo de 2022. Ao PNB, ele contou um pouco da experiência que teve ao chegar ao país muçulmano, que tem cultura, leis e costumes diferentes do Brasil.

“A primeira impressão que eu tive do país foi que eles são muito acolhedores. A gente chegou no aeroporto e foi recepcionado com o chip de internet para usar aqui à vontade. Achei impressionante isso, pois a gente não teve esse gasto. Também recebemos um cartão que dá acesso a ônibus e metrô de graça durante a copa toda. Por isso eu achei eles super preocupados com o bem-estar da gente. Aqui tem gente de todo canto. Muitos brasileiros, uruguaios, mexicanos e argentinos”, contou.

Glauber falou ainda sobre como os turistas estão convivendo com a restrição no consumo de bebidas alcoólicas, vestimentas e culinária tipicamente locais, e proibições às demonstrações públicas de afeto no Catar.

“Tem gente aqui bebendo cerveja, apesar de ser proibido pela religião, pela lei deles. Também já vi pessoas fumando cigarros. A gente sabe que não vai ter nos estádios, mas nas ruas eles liberaram sim, embora não seja da religião e da cultura deles. Em relação às mulheres, que têm que andar cobertas, acho que tem uns locais adequados, como mesquitas. Mas já vi meninas, que com certeza não são daqui, com shortinho curto, barriga de fora, blusinha de alça. Então está super de boa, é uma copa para todo mundo mesmo. Não vi nada até o momento. Pelo menos eu estou sendo super respeitado aqui e outras pessoas também. Eles não estão saindo prendendo ninguém por ser gay. Eles não aceitam que as pessoas tenham manifestações públicas de afeto, mas isso vale para todos, homens e mulheres. Acredito que as pessoas que não são daqui, e desrespeitarem isso, vai no máximo levar uma advertência”.

Glauber Dantas finalizou contando que não são apenas os brasileiros que estão torcendo para a “Seleção Canarinho” e aposta em um resultado positivo para o jogo de hoje entre as seleções do Brasil e da Sérvia.

“Todo lugar que a gente passa as pessoas já identificada que somos brasileiros e começam a gritar: Brasil, Neymar. Tem muitas pessoas de outros países com camisa do Brasil, dizendo que torce pelo Brasil, porque gosta da seleção e também gosta do Neymar. Também já ouvi gritarem o nome de Vinícius Júnior. Hoje estamos em uma expectativa grande para a estréia da seleção e acreditamos no resultado de 3×0 Brasil”, apostou.

Redação PNB

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome