Secretaria de Saúde de Juazeiro se manifesta sobre situação da crianças de 2 anos internada na Uped, há quase 20 dias, esperando por um leito de UTI

0

 

A Secretaria de Saúde de Juazeiro, em nota enviada ao PNB, se manifestou sobre a situação da crianças de 2 anos, internada desde o último dia 27 de maio na Unidade Pediátrica de Juazeiro. O menino Elias Nunes dos Santos, de Marruá, Salitre, em Juazeiro, aguarda por um leito de UTI.

A mãe do paciente, Maria Nilza Nunes da Silva, em contato com o PNB, contou que a criança deu entrada no hospital com uma pneumonia e o estado de saúde dele se agravou.

A Secretaria de Saúde (Sesau) lamentou e se solidarizou com a situação da criança e informou “que aguarda a regulação para uma unidade de referência, garantindo que todos os recursos estão sendo empenhados para manter o paciente estável. Vale destacar que, devido à gravidade, o paciente necessita de uma unidade especializada de alta complexidade, que é responsabilidade do estado. A criança foi inserida no sistema para regulação desde o dia 10 de junho e aguarda vaga disponibilizada pela Central de Regulação Interestadual de Leitos (CRIL), a qual é gerida pelo estado. A Sesau esclarece que não foram abertos leitos de UTI na Unidade Pediátrica. Os equipamentos enviados pelo estado são para ampliar a estrutura dos leitos de suporte ventilatório. Vale ressaltar que a Uped já tem equipamentos deste tipo na unidade em funcionamento, tudo mantido com recursos próprios. A Secretaria ressalta ainda que a estrutura vem sendo adequada para a instalação desses equipamentos, com o serviço em funcionamento 24 horas, seguindo uma programação para não prejudicar os pacientes.”

Apelo da mãe

“Precisamos de uma vaga da UTI pediátrica com urgência. Desde segunda, dia 10, que ele está intubado e já deu três paradas cardíacas. Meu filho está todo inchado, sofrendo. O quadro dele é grave e eu estou desesperada, pois não tenho como ajudar meu filho. Preciso de ajuda! Ajudem uma mãe que está sofrendo. Estamos aguardando por uma UTI este tempo todo e ninguém toma uma atitude,” pediu a mãe.

 

Redação PNB

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome