Michel Temer

Ministro Romero Jucá anunciou que deixa o cargo a partir de hoje (24)

O ministro Romero Jucá, do Planejamento, anunciou nesta segunda-feira (23) que vai se licenciar do ministério a partir desta terça-feira (24). Embora tenha anunciado “licença”, ele afirmou que “tecnicamente” vai pedir exoneração porque, durante o período, voltará a exercer o mandato de senador. Jucá disse que, na noite desta segunda, enviará um pedido de manifestação ao Ministério Público Federal, a fim de que o órgão avalie se cometeu algum tipo

E a "Lava Jato"? Perdeu força? Ministro de Temer já pediu para "estancá-la".

A Operação Lava Jato, maior investigação sobre corrupção conduzida até hoje no Brasil, começou investigando uma rede de doleiros que atuavam em vários Estados e descobriu a existência de um vasto esquema de corrupção na Petrobras, envolvendo políticos de vários partidos e as maiores empreiteiras do país. Conduzida pelo Juiz Federal Sérgio Moro da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba-PR, que se tornou uma espécie de “super herói” para uma grande parcela

Depois de manifestações, Temer decide recriar Ministério da Cultura

O ministro da Educação, Mendonça Filho, informou neste sábado (21) que o presidente em exercício Michel Temer decidiu recriar o Ministério da Cultura (Minc). O novo ministro será Marcelo Calero, anunciado na última quarta (18) como secretário nacional de Cultura. Ele deve tomar posse na terça-feira (25). Com a decisão, a Cultura deixa de ser uma secretaria e não ficará mais subordinada ao Ministério da Educação. A decisão de fundir

Presidente interino suspende todas as novas contratações do programa Minha Casa Minha Vida

O governo do presidente interino Michel Temer abandonou a meta traçada pela presidente afastada Dilma Rousseff de contratar 2 milhões de moradias do Minha Casa Minha Vida até o fim de 2018, disse o ministro das Cidades, Bruno Araújo. Ao jornal O Estado de S. Paulo, ele afirmou que toda a terceira etapa do programa – e não apenas a modalidade Entidades – está suspensa e passará por um processo

Governos latino-americanos e europeus não reconhecem gestão Temer

Partidos europeus e imprensa internacional também criticam processo de impeachment. Governos da América Latina, especialmente do Cone Sul, têm se manifestado contra o processo de impeachment de Dilma Rouseff (PT) e dizem não reconhecer Michel Temer (PMDB) enquanto ocupante da Presidência. O governo interino do peemedebista também tem sofrido críticas da imprensa estrangeira e de partidos europeus atualmente no poder. No contexto regional, Equador, Cuba, Nicarágua, Chile, Bolívia, Uruguai, El

Secretário de Juazeiro divulga nota sobre o fim do MinC

Decisão do presidente Michel Temer, extinguiu o Ministério da Cultura (MinC) e incorporou a área à Educação. A classe artística reage com indignação. Um abaixo assinado está sendo mobilizado por internautas e o Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais de Cultura (ConECta) emitiu um manifesto após a fusão. O secretário de Cultura de Juazeiro-BA, divulgou uma nota expondo sua indignação com o fato. Nota-A Cultura Nacional à beira do abismo  Depois do atentado

Sete ministros de Temer são citados na Lava Jato.

Além do presidente da República interino, Michel Temer (PMDB), ao menos sete ministros do novo governo tiveram seus nomes citados nas investigações da Operação Lava Jato. O peemedebista – que assume o cargo até o julgamento de Dilma Rousseff pelo Senado, o que pode demorar até 180 dias – é citado como beneficiário nos escândalos de corrupção que são alvo da força-tarefa. Veja, abaixo, o que pesa contra os ministros: