Mulher

"Cantar é fácil, difícil é ficar calada!" - Mulheres se reúnem em encontro para discutir música e emancipação feminina.

Por Ananda Fonseca A junção de vários preconceitos vividos pela organizadora, Candyce Duarte, enquanto musicista, como também a percepção da falta de mulheres ocupando os espaços de instrumentistas nas bandas, fez surgir o  evento “Mulher e Música – Empoderamento e Emancipação” que aconteceu na Univasf. “Um encontro que deveria acontecer semanalmente”, sugeriu Lúcia Costa. Professora de música de Petrolina, dona de uma sabedoria e bom humor que exalam pelos poros, Lúcia

Sem ministras, Brasil perde 22 posições em ranking de igualdade de gênero

A ausência de mulheres no comando de ministérios do governo do presidente interino Michel Temer pode levar o Brasil a despencar 22 posições no ranking de igualdade de gênero do Forum Econômico Mundial. O ranking, conhecido como Índice Global de Desigualdade de Gênero, é publicado anualmente – a próxima edição deve ser divulgada no segundo semestre deste ano. A pedido da BBC Brasil, a organização calculou o impacto imediato de

Com o projeto ‘Uma Vitória Leva à Outra’, ONU Mulheres e COI impulsionam igualdade de gênero no esporte

Mitos sobre os efeitos dos esportes no corpo feminino e pressões sociais sobre como as meninas “devem se comportar” pesam sobre garotas esportistas, que muitas vezes abandonam os esportes quando chegam à puberdade devido a preconceitos. Novo projeto da ONU Mulheres visa a reverter esse quadro, promovendo a prática esportiva entre meninas para impulsionar a autoconfiança, debatendo formas de superar as desigualdades de gênero. Iniciativa é financiada pelo Comitê Olímpico

"A política não veste saia"-Por Thais Viyuela

“Democracia, substantivo feminino, passível de feminicídio porque ousou vestir suas saias pela primeira vez.” A frase acima é de Maria Gabriela Saldanha. Agora, entre as mulheres, paira um sentimento de morte. É um sentimento de impotência, de silenciamento, de retrocesso. Não falo em política ou economia. Um grupo grande de personagens e circunstâncias é responsável por isso. Falo em representatividade. Falo de uma mulher que entrou num ninho de cobras,

Ser mulher sem complexos de perfeição, por favor!

“Acordar às 5:30h da manhã, cuidar da alimentação da família, cuidar da higiene, arrumar a bolsa do bebê para deixá-lo na creche,  não esquecer de levar a roupa da academia para praticar exercício físico (se tiver um tempinho), estar pontualmente às 8:30h na reunião do trabalho e ter que fazer o exercício para levar para a pós graduação”  são desafios diários comuns na vida de mulheres que, com as vitórias