Vereadores discutem a denuncia de desvio de verba contra Isaac Carvalho

Vereadores discutem a denuncia de desvio de verba contra Isaac Carvalho

vere

Após o blog  “Bocão News”, publicar uma notícia informando que o prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho (PCdoB), teria sido condenado pela Justiça há um ano, 11 meses e 10 dias de prisão, por cometer ilegalidades com recursos públicos, o vereador de oposição Zé Carlos Medeiros (PSDB) comentou, em sua rede social, que “o destino político do prefeito Isaac será de síndico da cela de cadeia”.

“Sempre falei na tribuna da Câmara e nas entrevistas que concedi que ao acabar o mandato, Isaac perderia todo amparo jurídico dos muitos advogados pago com o dinheiro do povo e o destino seria, inevitavelmente, a cadeia! O sol está se pondo pra o governo do prefeito Isaac. Perdeu, ‘mano’! O destino político do prefeito Isaac será de síndico da cela de cadeia! Essa situação só envergonha nossa cidade e nosso povo”, escreveu Medeiros.

Em sua publicação, Medeiros declarou ainda que o gestor foi condenado pelo Tribunal de Contas do Município (TCM) por praticar  nepotismo nomeando a sua companheira, Zane Ellen Barbosa Nunes, para o cargo de assessora executiva e de Angelita Carvalho, sua irmã, para o cargo de chefe de gabinete, além de primos, esposas e cunhada. “Essa decisão ocorreu por conta de denuncia nossa, encaminhada a vários órgãos. Estamos atentos aos desmandos dessa gestão e sempre vigilantes em defesa do povo”, comentou.

Em resposta a essa publicação de Medeiros, O vereador Anderson da Iluminação (PC do B), líder do Governo na Câmara Municipal, divulgou uma nota em que rebate as acusações proferidas. Na nota, Anderson diz que : “Medeiros apoiou ex-gestor que desviou verbas”.

NOTA

“Como já foi divulgado pela assessoria da Prefeitura Municipal de Juazeiro não houve qualquer desvio de verba pública. O que houve foi um erro da Procuradoria do município na publicação da Lei orçamentária em questão. O prefeito Isaac Carvalho está muito tranquilo, pois tem a plena consciência de que não cometeu nenhum crime e que irá recorrer da decisão. As contas da primeira gestão de Isaac Carvalho foram aprovadas pela Câmara Municipal e pelo Tribunal de Contas da União. E, caso o colega Medeiros tenha esquecido, ele aprovou as contas de um ex-gestor que foi acusado pelo TCM de desvio de finalidade de verbas da educação e saúde, além de sofrer um processo pela justiça federal, com pedido de prisão, por desvio de verbas do saneamento do bairro Itaberaba”.

Resposta da Prefeitura de Juazeiro-BA:

Segundo a matéria do blog,  ao longo de 2010, o gestor teria remanejado ilegalmente recursos orçamentários, mediante emissão de decretos de abertura ilícita de créditos adicionais suplementares, cujo montante chega a aproximadamente R$ 112 milhões.A assessoria de comunicação da Prefeitura de Juazeiro esclareceu, em uma nota sucinta, que: “O Prefeito Isaac Carvalho informa que não houve qualquer desvio de verba pública, pois o ato se deu por conta de um erro de publicação da lei orçamentária, e que irá recorrer da decisão.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.