Centro Pop realiza palestra sobre previdência social às pessoas em situação de rua

Assistentes Sociais do INSS realizaram uma palestra sobre benefícios da Previdência Social para os assistidos do Centro Pop de Juazeiro nesta quarta-feira, 25. O Centro POP – Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua – é uma unidade pública da assistência social, um espaço de referência para o convívio grupal, social e o desenvolvimento de relações de solidariedade, afetividade e respeito. É uma das políticas públicas oferecidas pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento e Igualdade Social e funciona no Bairro Country Club, recebendo, em média, de 12 a 17 pessoas por dia.

Segundo a coordenadora Poliana Pacheco, há uma programação para realizar palestras educativas aos assistidos durante as quartas-feiras. “As segundas a gente se reúne com eles e percebe o que eles estão precisando, qual tipo de informação é necessária. Na nossa última conversa, eles pediam explicações sobre como fazia para receber o benefício da previdência. Então entramos em contato com o pessoal do INSS e conseguimos hoje realizar a palestra. Foi maravilhoso para eles”, explica Poliana.

Maria do Socorro Leite, Assistente Social da Agência da Previdência Social de Juazeiro, e sua colega Jândila Tainá, explicaram sobre o Benefício de Prestação Continuada e tiraram dúvidas dos assistidos. “O INSS já tem um programa de educação previdenciária, então pra gente é uma honra falar sobre isso. A gente sabe que ainda existe muito desconhecimento por parte das pessoas a respeito dos benefícios, dos direitos que elas têm. Muitas vezes as pessoas chegaram a contribuir, durante a época em que estavam no mercado de trabalho, mas aí saem e deixam de contribuir e perdem a carência de ter acesso a algum benefício previdenciário. E aí quando chegam ao INSS são informados de que perderam o direito e se sentem frustrados. Então é bom estar informado”, ressalta Socorro Leite.

Roy Eduardo James é do Amazonas, mas vive em Juazeiro em situação de rua. Para ele a palestra foi de fundamental importância. “Eu sofri uma trombose na perna esquerda e isso acabou me atrapalhando na vida. Expliquei o caso para a moça e ela me disse que eu posso dar entrada e vou ter um benefício. A melhor coisa pra gente é esse Centro Pop, porque aqui eles cuidam da gente, nos dão comida, bebida, teto e ainda escutam nossas histórias. Além disso, ainda conseguimos ficar informados”, conclui.

Ascom – Sedis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.