Preto no Branco

22191 POSTS 18 COMENTÁRIOS

APLB solicita reunião com o governo municipal para discutir pautas pendentes e convoca assembleia quarta-feira (1)

0

 

Após reunião realizada no último dia 26 de Janeiro entre APLB, associações e demais sindicatos foi formada uma comissão intersindical para solicitar uma agenda com o governo municipal para discussão de pauta de interesse de todos os servidores.

A direção da APLB Sindicato acredita que ao formar essa comissão, poderá obter melhores resultados, pois enxerga que o governo municipal está ‘jogando para frente’ a questão da paridade, por exemplo, que é um direito dos trabalhadores da educação aposentados que deveriam receber o mesmo percentual de reajuste em 2022.

Um ofício será encaminhado nesta segunda-feira (30) ao governo municipal solicitando que receba a comissão intersindical e, assim, seja possível resolver de vez as pendências existentes e que são de interesse dos servidores ativos e também os aposentados.

Após essa reunião, a entidade aguarda os trabalhadores em educação de Juazeiro para uma assembleia geral conjunta a ser realizada na próxima quarta-feira (01-02) às 16h30 na sede da APLB Sindicato. O objetivo é colocar em discussão os assuntos que foram levados ao conhecimento do município em busca de soluções imediatas.

“Pedimos ao governo que essa reunião possa acontecer antes da assembleia para que possamos passar todas as informações relevantes à categoria. É importante destacar que a APLB Sindicato provocou as outras associações e sindicatos para que se fizessem presentes e unissem forças. Nossa intenção é que essa união possibilite buscarmos a solução de vez para essa pauta comum a todos que é a paridade, o avanço na carreira e a data base, que chamamos de Campanha Salarial 2023”, destaca Gilmar Nery, diretor da APLB Sindicato em Juazeiro.

Ascom/APLB

Covid-19: Juazeiro registra 8 casos ativos nesta segunda-feira (30)

0

 

Juazeiro registrou 02 novos casos da Covid-19. A informação está no boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) desta segunda-feira (30). O município não registrou novo óbito por complicações da doença nas últimas 24 horas e permanece com 507 mortes.

De acordo com o levantamento, 30.080 moradores foram infectados desde o início da pandemia na cidade, dos quais 29.565 já estão recuperados. Os casos descartados somam 50.548. Juazeiro tem 8 casos ativos do novo coronavírus.

Testes

Foram realizados desde o início da pandemia 69.875 testes rápidos no município e 9.342 RT-PCR pelo Lacen, em Salvador.

Ocupação de leitos

Na rede hospitalar, o percentual de ocupação dos leitos de UTI para Juazeiro na rede PEBA (hospitais de Pernambuco e Bahia) é de 23%, com 23 leitos disponíveis. Somente em Juazeiro, 10% dos leitos de UTI para pacientes com Covid-19 estão ocupados, com 09 leitos disponíveis.

Ascom/ Sesau

Duas mulheres foram baleadas na tarde de hoje (30) no bairro Nova Esperança, em Juazeiro; uma criança foi atingida pelos disparos

0

 

Segundo informações que chegaram ao PNB, duas mulheres foram baleadas na cabeça na tarde desta segunda-feira(30), no bairro Nova Esperança, em Juazeiro.

Uma criança que estava com elas, também foi atingida pelos disparos.

As duas mulheres foram encaminhadas para o Hospital de Traumas, em Petrolina, e a criança para uma unidade de saúde de Juazeiro. Ainda não se sabe o estado de saúde das vítimas.

A PC investiga as circunstâncias do crime.

Estamos apurando mais informações.

Redação PNB

Carnaval 2023: após protestos, Prefeitura de Juazeiro desclassifica rei momo e diz que informação que constava no edital “passou despercebida”; segundo lugar assume a corte

0

 

Após resultado do concurso para rei momo do carnaval de Juazeiro 2023 ser contestado, a Prefeitura de Juazeiro resolveu desclassificar o vencedor.

Em nota, a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes disse que “após reunião entre a Comissão organizadora do evento e o setor jurídico, e, em respeito ao edital, o primeiro lugar foi desclassificado, ficando o título para o segundo lugar, Ediveric Gonçalves.

A Seculte disse ainda que no ato da inscrição a informação de quem o ganhador não idade maior do que a prevista no edital “passou despercebida”.

Confira nota na íntegra

A Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes vem a público esclarecer sobre os questionamentos acerca da idade do Rei Momo vencedor do concurso do Carnaval 2023.

Todo processo seletivo público da Prefeitura Municipal é regido por edital e este deve ser lido e conferido por cada candidato antes da inscrição, inclusive uma cópia foi entregue a cada um deles. Entretanto, a Seculte não se exime do equívoco, uma vez que, no ato da inscrição a informação passou despercebida.

Após reunião entre a Comissão organizadora do evento e o setor jurídico, e, em respeito ao edital, o primeiro lugar foi desclassificado, ficando o título para o segundo lugar, Ediveric Gonçalves.

O resultado oficial irá sair no Diário Oficial do município da noite desta segunda-feira (30).

Polêmica

A escolha foi feita durante um concurso realizado na noite do último sábado (28), na Orla II da cidade.

Familiares dos candidatos a Rei Momo alegaram que o vencedor do concurso, Regivan Paulino, de 41 anos, morador do bairro Alto da Maravilha, descumpria os critérios descritos no Edital. Entre os requisitos, para concorrer, os candidatos deveriam ter entre 18 e 35 anos.

Um requerimento pedindo a desclassificação de Regivan Paulino, e a coroação do segundo colocado, foi entregue nesta segunda-feira (30) a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (Seculte), responsável pela realização do concurso.

 

Redação PNB

Bolsonaro entra com pedido de visto de turista nos EUA, diz escritório

0

 

Segundo um escritório de advocacia que atua em Washington. o ex-presidente Jair Bolsonaro pediu um visto de turista para permanecer mais tempo nos EUA, onde está desde o fim do ano passado.

O escritório que representa o ex-presidente é a AG Immigration, que tem sede em Washington e escritórios em outras partes do país, inclusive em Orlando, onde está o ex-presidente.

A informação foi publicada pelo jornal britânico Financial Times e confirmada pela Folha de S.Paulo.

Bolsonaro viajou para os EUA em 30 de dezembro de 2022, um dia antes de deixar a Presidência, e, rompendo uma tradição democrática, não passou a faixa presidencial para seu sucessor, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Ele tomou um avião presidencial e seguiu para Kissimmee, cidade na região de Orlando a poucos minutos dos parques da Disney, onde levou a família para uma casa de férias que pertence ao ex-lutador de MMA José Aldo, em um condomínio fechado.

Prestes a completar um mês nos Estados Unidos, Bolsonaro pediu ao ex-lutador para estender a estadia por cerca de um mês, até depois do Carnaval, segundo um amigo do atleta, conforme mostrou a Folha de S.Paulo na última semana.

A casa, um imóvel de oito quartos em um condomínio fechado nas imediações dos parques da Disney, está disponível para aluguel em uma plataforma online por valores a partir de US$ 519 a diária (cerca de R$ 2.600, sem contar impostos e taxas que podem fazer o valor quase dobrar), mas foi cedida pelo ex-lutador, que apoiou Bolsonaro na eleição de 2022.

Neste final de semana, o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) afirmou que o pai está “desopilando” nos Estados Unidos e não tem data para ele voltar ao Brasil.

A família, segundo o senador, já voltou dos EUA. Sobre uma data de retorno de Bolsonaro, ele diz:

“Pode ser amanhã, pode ser daqui a seis meses, pode não voltar nunca, não sei. Ele está desopilando. Você nunca tirou férias, não?”, afirmou Flávio em entrevista à imprensa no sábado.

Não se sabe, porém, se os problemas de saúde de Bolsonaro vão fazê-lo encurtar a viagem. Ele chegou a ser internado com obstrução intestinal no começo do mês e, na ocasião, disse que iria adiantar a volta ao Brasil. Nesta semana, seu médico disse à Folha de S.Paulo que ele terá de fazer uma nova cirurgia ao voltar.

Flávio afirmou que o pai está tranquilo e não tem receio de que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) o torne inelegível.

“A preparação, os advogados estão olhando tecnicamente, e o retorno que tem é que não há nada juridicamente que implique o presidente Jair Bolsonaro. Agora, tribunais, Poder Judiciário, não é lugar de fazer julgamento político”, disse Flávio.

OMS decide manter covid-19 como emergência global em saúde pública

0
Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Gebreyesus durante entrevista coletiva em Genebra 03/07/2020 Fabrice Coffrini/Pool via REUTERS

 

Três anos após decretar a covid-19 como emergência global em saúde pública, a Organização Mundial da Saúde (OMS) informou hoje (30) que ainda não vai declarar o fim da pandemia e do estado de alerta causado pelo vírus.

Em pronunciamento, o diretor-geral da organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que vai seguir a recomendação do comitê de monitoramento da covid-19 e manter a doença como emergência global em saúde pública, nível mais alto de alerta da entidade.

“Embora o mundo esteja em uma posição melhor do que durante o pico de transmissão da Ômicron há um ano, mais de 170 mil mortes relacionadas à covid-19 foram relatadas globalmente nas últimas oito semanas”,explicou.

Tedros alertou que a vigilância e o sequenciamento genético do vírus diminuíram em todo o mundo, tornando mais difícil rastrear variantes conhecidas e detectar novas variantes. Além disso, segundo ele, sistemas de saúde lutam contra a escassez e o cansaço de profissionais.

“Vacinas, terapias e diagnósticos foram e continuam sendo essenciais na prevenção de doenças graves, salvando vidas e aliviando a pressão sobre os sistemas de saúde e os profissionais de saúde.”

“A resposta à covid-19 continua prejudicada em muitos países, incapazes de fornecer essas ferramentas às populações mais necessitadas, aos idosos e aos profissionais de saúde”, completou o diretor-geral da OMS.

Comitê

O Comitê de Emergência do Regulamento Sanitário Internacional da OMS concluiu que a covid-19 permanece uma doença infecciosa perigosa, com capacidade de causar danos substanciais à saúde e aos sistemas de saúde globais.

Agência Brasil

Polícia Federal recupera tratores retirados ilegalmente do pátio da Codevasf, em Juazeiro

0

 

Na manhã desta segunda-feira (30), a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) recebeu em devolução um dos três tratores que haviam sido retirados de seu pátio em Juazeiro (BA) mediante fraude de documentos.

A recuperação dos bens deve-se à atuação da Polícia Federal, que apura o caso. A investigação é resultado de denúncia levada diretamente pela Codevasf às autoridades policiais. A Companhia colabora ativamente com a investigação, com o objetivo de que haja a responsabilização dos envolvidos.

Ainda no início das apurações, um funcionário terceirizado foi demitido por determinação da Companhia, por suspeita de envolvimento. A Codevasf levou aos investigadores imagens de câmeras de segurança e acervo documental associado aos bens. De acordo com a PF, os investigados responderão pelos crimes de Associação Criminosa, Peculato e/ou Estelionato Qualificado — as penas somadas podem ultrapassar os 12 anos de reclusão.

Os crimes ocorreram em agosto de 2022. A localização dos outros dois tratores foi identificada, no estado do Tocantins, e os bens serão restituídos à Companhia em sua Superintendência Regional sediada em Palmas (TO) ainda nesta segunda-feira, para posterior transporte até Juazeiro.

Ascom

Dirigentes do Sebrae Bahia tomam posse nesta segunda-feira (30)  

0

Autoridades, dirigentes de instituições parceiras, funcionários, imprensa e convidados participam da cerimônia de posse da presidência do Conselho Deliberativo Estadual (CDE) e Diretoria Executiva do Sebrae Bahia. Na segunda-feira (30/01), a partir das 18h, no Cerimonial Rainha Leonor (Pupileira), os representantes eleitos em novembro de 2022 serão empossados para ocupar os cargos diretivos pelos próximos quatro anos.

O Conselho Deliberativo da organização será presidido por Humberto Miranda. Para compor a Diretoria Executiva, foram reeleitos o diretor superintendente Jorge Khoury e o diretor técnico Franklin Santos. O economista Vitor Lopes foi eleito diretor de Administração e Finanças.

Humberto Miranda é presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (FAEB) e ocupava o cargo de vice-presidente do CDE do Sebrae Bahia desde 2019. Graduado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal da Bahia (1988), ele é também produtor rural. Atuou como extensionista na Empresa de Planejamento e Assistência Técnica e já assumiu a função de coordenador regional da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab). Foi também coordenador municipal do Projeto Aprisco do Sebrae, prefeito e vice-prefeito de Miguel Calmon.

Jorge Khoury está na superintendência do Sebrae desde 2017 e tem extenso currículo com atuação em instituições nacionais, estaduais e municipais baianas. Engenheiro Civil e deputado federal por cinco mandatos consecutivos, Khoury foi prefeito de Juazeiro e presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB). No Governo do Estado da Bahia, ele foi secretário da Indústria Comércio e Mineração (SICM), quando atuou como membro do Conselho Deliberativo do Sebrae Bahia, e secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – SEMARH. Foi também Secretário Municipal de Educação e de Trabalho, Esporte e Lazer (SEMTEL) de Salvador.

Franklin Santos é administrador de empresas com especialização em Gestão de Projetos (FGV/EAESP). O atual diretor Técnico é funcionário de carreira do Sebrae desde 1998, tendo começado suas atividades na Unidade Regional de Santo Antônio de Jesus, como estagiário, em 1995.

Mestre em Economia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Vitor Lopes foi diretor presidente da Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia). O executivo assume a diretoria de Administração e Finanças do Sebrae após gerenciar as unidades de Projetos Especiais, Mercados e Internacionalização e de Captação de Recursos Financeiros.

Ascom

Convivência com o Semiárido é tema de formação da República de estudantes do Irpaa

0

A formação da juventude sempre foi uma das bases para o fortalecimento da Convivência com o Semiárido. Por isso, entre os dias 24 e 31 de janeiro de 2023, acontece a formação inicial para os jovens que farão parte da República de estudantes do Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (Irpaa).

Durante esta formação, junto com a equipe do Irpaa, os jovens estudam e discutem elementos importantes para a Convivência com o Semiárido. Temas como: A história do Semiárido; Terra e Territórios; Clima e Água; Produção Apropriada; Educação Contextualizada e Comunicação, dentre outras. Estas abordagens são entrelaçadas com os temas sobre juventude, políticas públicas, gênero e saberes tradicionais.

O jovem Cauê da Silva, do município de Remanso-BA, chega este ano para estudar e viver a formação do Irpaa. O estudante afirma que “Está sendo muito importante para os jovens iniciantes terem uma noção de como será a experiência de morar na República (…) Falaram das pautas mais importantes que o Irpaa defende, a agricultura familiar, produção de alimentos orgânicos, preservação da natureza, (dentre outras)”.

A república de estudantes criada há 30 anos, já pôde contribuir, não apenas com o acesso à educação, mas, principalmente, com a formação de jovens lideranças para atuar nos diversos espaços sociais. Durante esses anos, foram cerca de 160 jovens, filhos e filhas de agricultores familiares de mais de 35 municípios do Semiárido Brasileiro.

Como de costume, na abertura da formação, a coordenação do Irpaa participa do encontro para dar boas-vindas a juventude e refletir sobre a história da instituição e a defesa da Convivência com o Semiárido. O coordenador geral do Irpaa, Cícero Félix, fala sobre a importância da formação inicial. Neste espaço, “falamos um pouco da história de formação do Irpaa para que as pessoas que estão chegando este ano na República e as que já estão aqui, possam cada vez mais se apropriar dessa história e que elas possam se envolver cada vez mais neste processo de formação, fazendo parte da construção dos conhecimentos, fazendo parte do diálogo entre si, mas também com as outras comunidades, com os grupos com os quais o Irpaa trabalha”.

Cícero complementa ainda que “Essa formação tem a perspectiva de trabalhar os aspectos técnicos, mas também os aspectos culturais, sociais, políticos, econômicos, contribuindo para que o paradigma da Convivência com o Semiárido seja cada vez mais problematizado, compreendido e defendido pelas gerações atuais e gerações futuras”.

A estudante Maria do Carmo Bonfim, do município Curaçá-BA, reflete que, essa oportunidade de formação possibilita “mais conhecimentos para no futuro a gente levar o que aprendeu para nossas comunidades e para a vida toda. Está sendo muito proveitoso este momento. Acredito que vai ser uma rica experiência”.

Os jovens que fazem parte da república de estudantes do Irpaa, tem como missão, contribuir com a vida dos povos do Semiárido e com a defesa da natureza, não apenas do Bioma Caatinga, mas da vida, da nossa Casa Comum.