Fernando Bezerra Coelho é citado em gravações que mostram tentativa de livrar políticos da Lava Jato

Fernando Bezerra Coelho é citado em gravações que mostram tentativa de livrar políticos da Lava Jato
FOTO: Reprodução
FOTO: Reprodução

Novos trechos de conversas do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, com integrantes da cúpula do PMDB, foram divulgados ontem (26). Os diálogos foram gravados por Machado e mostram a tentativa de livrar políticos da Lava Jato.

No dia 11 de março, Sérgio Machado volta a conversar com Renan. Criticam o procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Falam em “fórmula de dar um chega pra lá nessa negociação ampla, para poder segurar esse pessoal”, dando a entender de que tratavam dos investigadores da Lava Jato.

E continuam o diálogo fazendo críticas a vários políticos. Citam o senador Aécio Neves, presidente do PSDB. O deputado Pauderney Avelino, líder do Democratas. Mendoncinha, como o agora ministro da Educação, deputado Mendonça Filho, do Democratas, é chamado por vários políticos. Senador José Agripino, presidente do Democratas. Senador Fernando Bezerra Coelho, do PSB. Senador José Serra, do PSDB, hoje ministro das Relações Exteriores. Aparentemente, segundo investigadores, eles criticam os políticos por defenderem o impeachment e se posicionarem a favor da Lava Jato.

“Sérgio Machado: E o PSDB pensava que não, mas o Aécio agora sabe. O Aécio, Renan, é o cara mais vulnerável do mundo.

Renan: É.

Sérgio Machado: o Aécio é vulnerabilíssimo. Vulnerabilíssimo há muito tempo. Como que você tem cara de pau, Renan, aquele cara Pauderney que agora virou herói. Um cara mais corrupto que aquele não existe, Pauderney Avelino.

Renan: Pauderney Avelino, Mendocinha.

Sérgio Machado: Mendocinha, todo mundo pô? Que *** é essa querer ser agora o dono da verdade? O Zé (Zé Agripino) é outro que pode ser parceiro, não é possível que ele vá fazer maluquice.

Renan: O Zé nós combinamos de botá-lo na roda. Eu disse ao Aécio e ao Serra que no próximo encontro que a gente tiver tem que botar o Zé Agripino e o Fernando Bezerra. Eu acho.

Sérgio Machado: O PSB virou uma oposição radical. O Zé não tem como não entrar na roda.

Renan: O PSB quer o impeachment, mas o Fernando (Bezerra) é um cara bom.

Sérgio Machado: Porque também entende disso que a gente está falando.

Renan: É.”.

O senador Fernando Bezerra Coelho, do PSB, e não quis se manifestar sobre essa citação.

Por: Yonara Santos
Informações: Globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.