Museu do Sertão e Biblioteca Municipal de Petrolina ganharão reformas, diz Prefeitura

Museu do Sertão e Biblioteca Municipal de Petrolina ganharão reformas, diz Prefeitura

12

A Prefeitura de Petrolina, declarou que o prefeito  Julio Lossio, assinará amanhã(31) , às 10 horas, na sede da Biblioteca Municipal,  a ordem de serviço das obras de reforma dos prédios do Museu do Sertão e da própria Biblioteca, orçadas  em R$ 222.585, 50, com R$ 101.726, 96  destinados ao Museu e R$ 120.858,54 para a reforma da  Biblioteca.

De acordo com a secretária de Educação, Gilmara Lacerda, os dois prédios públicos ficarão fechados.  A ideia é tornar os locais um espaço potencializado para a cultura, dar mais conforto para a população e dar uma nova roupagem aos dois patrimônios.

“Estamos restaurando esses prédios para devolver à população petrolinense e aos visitantes, espaços para o acesso à cultura, estudo e para que o patrimônio histórico cultural de Petrolina, de um modo geral, seja preservado, explica Lossio e adianta que há tempos vem lutando para a liberação desses recursos. “A  revitalização será um verdadeiro presente, não só para a biblioteca e para o museu, mas principalmente para a toda comunidade petrolinense e visitantes da cidade,” explicou.

Museu do Sertão

Seu acervo é constituído por mais de três mil objetos reunidos em coleções onde o meio ambiente, a cultura indígena, o artesanato, a moradia rural, os valores da economia, da política, da religião, da sociedade sertaneja como um todo, se apresentam em uma montagem museográfica e museológica bastante definida, entre estas, peças pertences ao cangaceiro Lampião, Dom Malán, primeiro bispo de Petrolina, coronel Quelê, patriarca da família Coelho, Joãozinho do Pharol, pioneiro da imprensa escrita do interior do Nordeste, entre outros, com exposições permanentes setorizadas conforme as temáticas: Sala das Carrancas, Casa Nordestina, Rio São Francisco, Cangaço e Ícones Nordestinos.

 

Biblioteca Municipal

Com aproximadamente 16 mil livros e centenas de publicações traduzidas para o Braille, a biblioteca recebe em média três mil frequentadores por mês, que também utilizam o laboratório de informática. A Biblioteca Cid Carvalho funciona de segunda a sexta-feira (das 8h às 22h), aos sábados (de 8h às 18h) e aos domingos (das 8h às 13h).

Com informações: Ascom PMP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.