Rompimento de Pedra com Prefeito Isaac levanta uma questão: é “sede de poder”?

Rompimento de Pedra com Prefeito Isaac levanta uma questão: é "sede de poder"?

O vereador Dalmir Pedra, presidente do Diretório Municipal do PP – Partido Progressista, anunciou na sessão da Câmara Municipal de ontem (7), o seu rompimento com o grupo político do Prefeito Isaac Carvalho (PCdoB). O vereador deixa a base aliada da gestão, onde participou também como secretário de saúde, deixando o cargo recentemente.

Num discurso em tom magoado, Dalmir Pedra disse que quando foi convidado para assumir a Secretaria de Saúde, o prefeito teria firmado um compromisso com ele, que declarou não ter mais interesse em se candidatar a vereador. Dalmir revelou que no encontro de partidos que houve, capitaneado pelo PCdoB, o Prefeito Isaac anunciou os pré candidatos Carlos Neiva, Joaquim do Saae e Paulo Bonfim, deixando seu nome de fora.

“Quero assegurar aqui que eu conto com o apoio do PP e nós vamos manter a pré-candidatura. A falsidade faz parte do jogo político, mas nós estamos aqui para contribuir, inclusive, de outra forma, como médico. Então, o partido disse que palavra é palavra e depois de muito contribuir com o PCdoB, fomos reconduzidos à presidência do partido e, como representante do PP, coloco aqui que não acompanhamos mais o PCdoB, que não cumpriu a palavra conosco”, revelou Pedra.

No seu desabafo o Vereador também entregou o que diz ser uma prática da gestão atual.

“Fui secretário em duas oportunidades e não sei se fiz duas viagens oficiais. Tem secretário aí que está toda semana em Salvador. As pessoas têm que ter zelo pelo erário. Isso onera e nós estamos vivendo momento de crise. Cinco, seis, dez pessoas toda semana dentro da Avianca. O povo tem que enxergar isso aí” reclamou o edil.

Como pessoa pública e sob julgamento da população, as declarações do Vereador Pedra, às vésperas do período eleitoral, causam estranheza a alguns. O cidadão eleito e comunitário do Loteamento El Dourado, Luciano Medrado, por exemplo, se manifestou assim:

“O que faz a sede pelo poder! . O vereador Dalmir Pedra, assim como Flávio Luiz, romperam com o Prefeito Isaac depois de passarem 8 anos embaixo das asas do prefeito. Agora por não seremos escolhidos entre os pré candidatos, abandonaram o barco. Tudo pelo poder”, expressou-se Luciano.

Reflexões como as de Luciano traduzem o pensamento de alguns eleitores, que estão atentos as intenções eleitorais. Ou seriam eleitoreiras?

Há quem pense diferente, claro! Assim funciona o contraditório.

Vereador Pedra, o que nos diz? O espaço está aberto para sua manifestação.

2 Comentários


  1. Não fico nem um pouco surpresa com essa atitude,porque eles governam para se próprios não para o povo.E o jogo de agora é minha vez de enganar e tirar dinheiro desse povo que se vende e colocar uns caras desses no poder,infelizmente quem não votar paga pelo erro dos outros,sera que um dia vai ter um candidato preocupado em cumprir a algumas promessas pra fazer nossa cidade crescer de verdade não nas propagandas.

    Responder

  2. Sibelle, não foi esse mesmo vereador que disse que iria doar todo o seu salário de parlamentar nas ultimas eleições municipais?

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.