Feira de Caprinos e Ovinos da comunidade de Cacimba do Silva em Juazeiro movimenta bons negócios

Feira de Caprinos e Ovinos da comunidade de Cacimba do Silva em Juazeiro movimenta bons negócios

 

Realizada há cinco anos a Feira de Caprinos e Ovinos da comunidade de Cacimba do Silva, no Distrito de Itamotinga em Juazeiro, se tornou uma opção de bons negócios para produtores rurais de Itamotinga e região. 240 produtores de várias comunidades do interior de Juazeiro, Curaçá e Uauá levaram seus animais. Na sua quinta edição, a feira que é organizada pela Associação de Produtores Rurais de Cacimba do Silva em parceria com a Prefeitura de Juazeiro através da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, deve ter movimentado mais de 100 mil reais em negócios durante o fim de semana, dias 10, 11 e 12 de Junho. Os dados oficiais ainda serão contabilizado, mas os números preliminares foram divulgados pelo o vice-presidente da Associação de Produtores Rurais, Márcio Irivan Passos, um dos organizadores. Um dos responsáveis para a feira alcançar esse valor em vendas, é o produtor Vagner Oliveria Domingues, da Fazenda Cantinho, Distrito de Itamotinga. Ele cria carneiros e ovelhas da raça Santa Inês. Os animais do seu criatório são específicos para fazer o melhoramento genético em outros rebanhos. Ele levou apenas três jovens carneiros para vender na feira e saiu com 4 mil reais no bolso. “Essas feiras foi a melhor coisa que aconteceu, porque muita gente mora aqui pertinho, não tem oportunidade de sair e aí traz seus animais pra cá, vende e sai com um bom lucro,” falou Vagner, satisfeito com os negócios que fez.

Para o vice-presidente da associação de Produtores de Cacimba do Silva, Márcio Irivan Passos, a feira também é oportunidade para os criadores melhorar os rebanhos. “Através de uma feira dessa você melhora o lado social, o lado econômico dos produtores rurais e você consegue ver os produtores sobretudo, melhorar a genética de seu rebanho. Numa feira dessa os produtores tem a oportunidade de trocar seus animais ou comprar animais melhores sem sair da comunidade”, destacou Márcio Irivan Passos.

Segundo Márcio Irivan, o objetivo principal da Feira é possibilitar a negociação de animais por um valor melhor para os criadores e facilitar a compra de animais de melhor genética para que os produtores da região de Cacimba do Silva possam melhorar cada dia mais os seus rebanhos. “Numa feira dessa a gente consegue fazer a integração entre um criador que tem animal de alta genética com um criador que tem animal de baixa genética e através desse encontro, aos poucos, vai melhorando para cada um deles”, concluiu Márcio Irivan. O criador Adailton Almeida, da comunidade de Cacimba do Silva, já percebeu isso. Há cinco anos começou a fazer planejamento do trabalho, melhorar a pastagem da área e investir em animais de melhor padrão genético. Hoje já lucra o dobro do que ganhava antes das mudanças na propriedade. “Uma das maiores importâncias de uma feira dessa é desenvolver a mente do criador do Sertão. É mostrar pro criador do Sertão que não é mais aquela maneira de criar de antigamente, criar de qualquer forma. Temos que criar pouco mas com qualidade. Hoje à minha área tá totalmente diferente de cinco anos atrás”, afirmou Adailton Almeida.

Concurso Leiteiro

Outro atrativo da feria de caprinos e ovinos de Cacimba do Silva é o concurso leiteiro. As cabras inscritas no torneio por seus proprietários, são ordenhadas uma ou duas vezes ao dia. O volume de leite colhido vai sendo anotado por um fiscal da prova. No fim da manhã do domingo, os valores anotados são somados e a campeã é anunciada. Pelo terceiro ano seguido uma cabra do produtor José Lindomar Nunes Pereira, comunidade de Cipó, que fica no Distrito de Juremal em Juazeiro, venceu o concurso. A cabra, mestiça das raças anglonubiana e saanen, produziu 8,940 kg de leite em três ordenhas. José Lindomar ganhou mil reais em prêmio. Pra ele o segredo do sucesso do animal está no cruzamento de raças leituras puras e no manejo adequado.

IMG_20160611_111101780

A Feira como lugar de bons negócios e conhecimento

Para o técnico do Sebrae Juazeiro e coordenador do Projeto Bioma Caatinga, Carlos Robério Araújo, a feira de Caprinos e Ovinos de Cacimba do Silva é um instrumento de troca de informações, de conhecimento e uma oportunidade que os criadores da comunidade tem para a venda e a compra de animais. “A gente tem percebido ao longo da realização dessas feiras que a região ela melhora a qualidade de seus animais. Por que dentro da sua casa ele tem a oportunidade de adquirir o animal, que nem sempre ele teria oportunidade de sair daqui da sua região para ir comprar em outra região. Então se o animal vem pra cá fica mais fácil para o produtor adquirir. Há a oportunização da compra e venda e há um diferencial grande porque tem a comercialização”, frisou Robério Araújo.

Matéria de Josenaldo Rodrigues

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.