Univasf realizará “I Encontro UniDiversidade em Foco” para discutir violência contra a mulher no ambiente universitário

Univasf realizará “I Encontro UniDiversidade em Foco” para discutir violência contra a mulher no ambiente universitário

Discutir com a comunidade acadêmica a importância do conhecimento e do debate sobre assuntos ligados à diversidade, especialmente no meio universitário. Este é o objetivo do I Encontro UniDiversidade em Foco, que será realizado na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), na próxima quarta-feira (15). Com o tema “Mulher e Violência no Meio Universitário”, esta primeira edição do encontro acontecerá no Miniauditório 2 do Complexo Multieventos, Campus Juazeiro (BA), a partir das 19h. O evento é gratuito e aberto a toda a comunidade.

O I Encontro UniDiversidade em Foco é realizado pela Pró-Reitoria de Ensino (Proen) e pela Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Proae) da Univasf em parceira com o Instituto Avon. As discussões irão abordar os mais diversos tipos de violência contra as mulheres e as dificuldades enfrentadas por elas no meio universitário. O evento terá início com apresentações culturais, seguidas por palestras e debate. A primeira palestrante será a psicóloga e coordenadora de Projetos de Enfrentamento à Violência Doméstica do Instituto Avon, Mafoane Odara. Ela irá ministrar uma palestra sobre a temática e apresentar dados da pesquisa “Violência contra a mulher no ambiente universitário”, realizada pelo Instituto Avon em parceria com o Data Popular.

A pesquisa foi realizada de setembro a outubro do ano passado com a participação de mais de 1,8 mil estudantes universitários dos sexos feminino e masculino de cursos de graduação e pós-graduação de todo o país. No estudo, foram definidos seis tipos de violência contra as mulheres: assédio sexual, coerção, violência sexual, violência física, desqualificação intelectual e agressão moral/psicológica. Conforme essa lista, 67% das mulheres reconheceram que já foram submetidas a várias dessas violências no ambiente universitário. A pesquisa foi apresentada em dezembro do ano passado no Fórum Fale sem Medo, realizado pela Avon, em São Paulo.

A partir da persistência da violência contra as mulheres ainda na sociedade atual, a enfermeira Nayara Mendes Cruz, que tem mestrado em Ciências da Saúde e Biológicas e é aluna do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família, ambos da Univasf, fará palestra sobre “Enfrentamento à Violência de Mulher”. Em seguida, a pró-reitora de Extensão e professora do Colegiado de Ciências Sociais da Univasf, Lucia Marisy, irá abordar o tema “Empoderamento da Mulher”. Ao final das palestras, haverá um debate com o público presente.

De acordo com a pró-reitora de Ensino da Univasf e uma das coordenadoras do evento, Monica Tomé, o tema foi proposto devido aos diversos episódios apresentados na mídia e vivenciados no cotidiano, em que as mulheres são vítimas de abusos físicos, emocionais e sociais. “Há uma ilusão que não existe tensão entre os grupos que compõem a universidade, um espaço tão diverso. Contudo, temos estatísticas e fatos que mostram uma realidade muito diferente”, explica.

Para Monica, o fim da violência contra a mulher pode se tornar mais próximo se mais espaços para a discussão sobre o tema surgirem. “A ideia do evento é promover na comunidade acadêmica ações que permitam refletir sobre as condições das mulheres, conscientizar sobre os direitos delas e oferecer o acesso a informações sobre a violência no meio universitário”, destaca.

Ainda segundo a pró-reitora, serão realizadas novas edições do Encontro UniDiversidade em Foco nos próximos meses. A proposta é discutir questões sobre gênero, raça, sexualidade, entre outras temáticas relativas à diversidade dentro do ambiente universitário.

ASCOM – Univasf

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.