O “Boato Ribeirinho” correu e disse para o mundo que é preciso salvar o Velho Chico

O "Boato Ribeirinho" correu e disse para o mundo que é preciso salvar o Velho Chico

1

Corre um boato na beira do rio, que o Velho Chico pode morrer, virar riacho e correr, pro nada, viajando por temporada, quando a chuva do meu deus dará chegar…

Esses são versos da música “Boato Ribeirinho”, uma poesia forte que chama a atenção para degradação do Rio São Francisco. A canção foi escrita e musicada por Wilson Duarte, conhecido com Zé Brocoió, com parcerias de Nilton Freitas e Wilson Freitas.

A composição que clama pela preservação do Velho Chico tem mais de 20 anos, mas continua cada vez mais atual pela falta de atenção ao nosso rio.

E o  “Boato Ribeirinho” correu. Depois de interpretações  de Nilton Freitas, Júlia Ribas , outros artistas interpretaram a canção, como: Targino Gondim com participação de Elba Ramalho, JR & Alexandre, Julia Ribas, Endira Freitas, Alexandre Aguiar, Gervilson Duarte, dentre outros.

Agora a poesia dos nordestinos ganhou o mundo com uma nova roupagem interpretada pela atriz Christiane Torloni, com acompanhamento do sanfoneiro Chambinho, durante uma cena da novela global “Velho Chico”,  que foi ao ar na noite de ontem (13).

A interpretação emocionou os ribeirinhos que assistiram o apelo da personagem Iolanda, que declamou e cantou a poesia como um grito de socorro.

A cena emocionou também os poetas responsáveis pela obra. Nilton Freitas, que assistiu a cena junto com seu irmão Wilson Freitas, também compositor, ficou muito contente . ” A primeira reação de ouvir a minha música declamada, cantada, por mais que por uma atriz e não uma cantora ou cantor, um profissional da área, mas soa como assim: – Olha,o que você fez junto com seus parceiros, Wilson Freitas e Wilson Duarte, é uma obra de arte, é uma coisa boa. Foi reconhecida nacionalmente, está em um veículo que atinge um grande público. E isso  deixa qualquer um feliz, pela carreira que a gente tem, desde os 4 anos de idade que eu fiz a minha primeira composição, esse é um reconhecimento do nosso trabalho, da nossa forma de trabalhar, isso é muito bom, eu acho fantástico, é uma beleza, fiquei muito contente.”. afirmou.

Outro compositor da música, Wilson Duarte, ficou sabendo da exibição através da ligações de amigos, e declarou que além de feliz, ficou muito  surpreso com a cena. O poeta também chama a atenção para a degradação do Velho Chico. ” A felicidade vai além do reconhecimento nacional, isso é bom para a composição e para nós que somos compositores. Mas tem uma questão que é bem maior, estão chamando a atenção do mundo para a situação do rio. É preciso fazer essa alerta.” declarou.

Veja o vídeo da cena.

 

4 Comentários


  1. Simplesmente linda, emocionante cena cheia de uma mensagem importantíssima representada impecavelmente pela magnífica Christiane Torloni, artista ideial para representar esse apelo por seus ideais, sabedoria, constante interesse em passar-nos a importância de cuidarmos de nosso meio ambiente!!!!

    Responder

  2. Obrigado a todos pelo carinho. #boatoribeinho

    Responder

  3. massa, bela canção. Eu vi no dvd de targino sendo cantada pelo próprio e por Elba Ramalho, mas não sabia que era de um artista local. Parabéns

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.