Alegria e integração marcam Festa de São João do Caps de Juazeiro

Alegria e integração marcam Festa de São João do Caps de Juazeiro

IMG-20160617-WA0029[1]

Com muita alegria e animação, os usuários do Centro de Atenção Psicossocial (Caps), comemoraram na manhã desta sexta-feira (17), no espaço de conveniência da Univasf, os festejos juninos junto a funcionários e familiares. O evento teve comida típica, brincadeiras e muito arrasta pé com apresentação de quadrilhas compostas pelos próprios usuários do serviço e músicas juninas que animaram o ambiente.

Fátima Ribeiro, de 62 anos era uma das mais animadas. “Gostei muito do nosso São João e dancei muito forró. Aqui no Caps encontrei a paz que precisava. Não tenho palavras para agradecer a dedicação da equipe do Caps com os usuários”, declarou a paciente.

Com 59 anos de idade, Alberto Evangelista há 11 anos é paciente da unidade, participou da festa caracterizado de caipira e adorou a festa junina. “Foi uma manhã ótima, com muitas brincadeiras. Dancei bastante. Sempre fui muito bem atendido no Caps. É como se fossem da minha família”, disse.

De acordo com a Gerente de Saúde Mental, Siane Medrado esse momento é de grande importância para os usuários. “É importante realizar essas festividades no Caps porque é um momento terapêutico, que fortalece ainda mais o vínculo deles com a comunidade e com a família, além do bem estar e a inclusão dos usuários. Foi uma manhã divertida e que ajuda no tratamento dos nossos pacientes”, externou Siane.

Atendimento do CAPS em Juazeiro

A Rede de Saúde Mental em Juazeiro é formada pelo Centro de Atenção Psicossocial (CAPS II), pelo Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) e o Centro de Apoio Psicossocial Infantil- CAPS i, que prestam assistência, respectivamente, aos usuários portadores de transtornos psíquicos graves e aos pacientes com problemas com o uso abusivo de álcool, drogas e transtornos mentais decorrentes de substâncias psicoativas.

No CAPS II são realizados 400 atendimentos por mês na área da Saúde Mental e o CAPS AD realiza cerca de 300 atendimentos mensal, contribuindo para as melhorias das condições de saúde e bem estar da comunidade.

O Centro de Apoio Psicossocial Infantil (CAPS I) é voltado para crianças e adolescentes que tenham problemas psicológicos decorrentes ou não do uso de drogas. Atende 465 crianças e adolescentes com idades entre 0 e 18 anos com transtornos mentais, como autismo, psicose e TDHA (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade).

Por: Daniela Duarte/SESAU

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.