Médicos do Hospital Regional de Juazeiro decidem dar mais um tempo a Secretaria Estadual de Saúde

Médicos do Hospital Regional de Juazeiro decidem dar mais um tempo a Secretaria Estadual de Saúde

hospital-de-juazeiro

No último dia 9, os médicos do Hospital Regional de Juazeiro-BA decidiram paralisar as atividades para chamar a atenção da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) para as péssimas condições de trabalho na instituição. Segundo a categoria, o serviço prestado aos pacientes é precário. Falta material básico para as atividades médicas, material de higiene e até medicamentos, além dos equipamentos estarem sucateados e haver, constantemente, atraso no pagamento do salário dos funcionários.

As primeiras paralisações aconteceram nos dias 14 e 15 desse mês e serviram como advertência. O aviso era o de que, caso a Sesab não atendesse as solicitações, a categoria entraria em greve por tempo indeterminado à partir de hoje (20).

Em entrevista ao Portal Preto no Branco, o delegado sindical (Sindimed) José Carlos Tanuri Júnior, informou que a greve ainda não foi deflagrada, já que a Secretaria entrou em contato com a categoria, agendando uma reunião para amanhã (21) no Ministério Público Estadual . “A greve não aconteceu hoje, porque o objetivo da classe médica de sentar com a Sesab para discutir a reestruturação do hospital, as licitações, repasses, falta de segurança, substituição dos esquipamentos que estão sucateados, foi alcançado. A Sesab se manifestou e marcou uma reunião para esta terça-feira, portanto nós decidimos esperar a posição da secretaria” declarou o delegado.

médico

O médico acrescentou ainda que após essa reunião será realizada uma nova assembleia com os médicos do Hospital. “Nesse encontro será discutido se a classe vai aceitar ou não a resposta da Sesab em relação aos anseios da categoria”, afirmou Tanuri.

Apesar de terem conseguido receber os salários que já estavam atrasados há 3 meses, a classe continuava decidida pela greve, já que as reivindicações também são pela melhoria nas condições de trabalho. ” Salário é importante, mas nós queremos estrutura, condições de trabalho para atender bem à população de Juazeiro e região” afirmou José Carlos Tanuri Júnior.

Nossa equipe  esteve na primeira assembleia que aconteceu no último dia 9. Nós conversamos com alguns médicos que denunciaram o estado do hospital. 

Veja o vídeo:

Por: Redação Preto no Branco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.