PRF intensifica fiscalizações nas rodovias de Petrolina, no Sertão de PE

PRF intensifica fiscalizações nas rodovias de Petrolina, no Sertão de PE

Objetivo é fiscalizar ultrapassagens proibidas e excesso de velocidade. Quem for viajar deve verificar condições do veículo e respeitar sinalização.

unnamed_6

A partir desta segunda-feira (20), a ‘Operação São João’ da Polícia Rodoviária Federal (PRF) será redirecionada para a BR-407 e BR-428, que cortam a cidade de Petrolina, no Sertão de Pernambuco. O objetivo da ação é coibir infrações de trânsito que mais causam acidentes nas estradas. A operação segue até o domingo (26).

De acordo com o chefe da 6ª Delegacia da PRF, Luiz Paulo, durante o dia o trabalho dos policiais será nas estradas fiscalizando os veículos que estão circulando pelas rodovias. “Vamos ficar atentos ao controle de velocidade e inibição de ultrapassagens em locais proibidos. Para fazer esse trabalho vamos utilizar o radar móvel em pontos específicos”, disse.

Segundo dados da Polícia Rodoviária Federal, o excesso de velocidade e as ultrapassagens em locais proibidos são os principais causadores de acidentes com mortes. Quem for pego dirigindo acima da velocidade permitida na rodovia perde sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e a multa varia de R$ 127 a quase R$ 2 mil. Já a multa por ultrapassar em local indevido é de R$ 907 e o motorista perde sete pontos na CNH.

Para quem vai viajar, a PRF orienta que faça uma programação prévia do percurso, além dos cuidados com o automóvel. “A nossa orientação é de que faça uma revisão no veículo, vejam as condições mecânicas para que nada ocorra fora do programado. É importante também respeitar a sinalização e o número de passageiros do veículo. Lembrando sempre que as crianças devem ficar em assentos, de acordo com a indicação para a idade. E, se consumir bebida alcoólica, não dirija. Sejam prudentes para ter uma volta feliz para casa”, enfatizou Luiz Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.