Cesta básica está mais cara em Juazeiro-BA, diz pesquisa

Cesta básica está mais cara em Juazeiro-BA, diz pesquisa

cesta_basica

Um dado chamou a atenção na pesquisa sobre o valor da cesta básica em Petrolina e Juazeiro – realizada mensalmente pela Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape): os alimentos estão mais caros na cidade baiana. Segundo os coordenadores da pesquisa, é a primeira vez que isso acontece desde agosto de 2013, quando o custo da cesta básica começou a ser calculado nas duas cidades.

Os dados são do mês de maio. Em Petrolina, o preço da cesta básica chegou a R$ 302,12 e em Juazeiro, a R$ 304,35. De acordo com o coordenador da pesquisa, Dr. João Ricardo Lima, a mudança pode alterar o comportamento dos consumidores, caso o valor permaneça mais alto do lado baiano. “É uma informação importante, já que muitas pessoas preferem sair de Petrolina e ir até Juazeiro para fazer suas compras mensais. Se este dado se mantiver para outros meses, o melhor será comprar na cidade pernambucana”, explicou.

Na comparação do mês de maio de 2016 com abril, houve deflação de 3,08% em Petrolina.  Segundo o levantamento, as carnes e o tomate mantêm uma forte diminuição em seus preços. Por outro lado, o feijão, a farinha e a margarina apresentaram alta nas duas cidades pesquisadas. Os motivos continuam os mesmos: no caso do leite, o período de entressafra faz diminuir a oferta do produto e o aumento do seu preço e de seus derivados.

Os preços da farinha de mandioca, mesmo com a colheita normal atualmente, ainda refletem um período anterior de menor oferta do produto. No caso do feijão, a escassez de chuvas ao longo dos meses no Nordeste e o excesso de chuvas em outras regiões produtoras fizeram diminuir a disponibilidade do produto e mantiveram os preços elevados.

ICB

O Índice da Cesta Básica (ICB) é realizado mensalmente pelo Colegiado de Economia da Facape. A pesquisa completa está disponível no site da instituição (www.facape.br, seção ICB).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.