Cresce número de leitores no Brasil; aumento reflete no Vale do São Francisco

Cresce número de leitores no Brasil; aumento reflete no Vale do São Francisco

Empresas regionais de consultoria, a exemplo da Maia Eventos Educacionais, são convidadas a capacitar professores e criar ações que aumentem o hábito de leitura dos estudantes

SONY DSC

Há mais leitores no país. Pelo menos é o que aponta a pesquisa realizada pelo Ibope sob encomenda do Instituto Pró-Livro, que afirma que 56% dos brasileiros, ou seja, 104,7 milhões de pessoas, criaram o hábito de ler livros em 2015. Um aumento de 6% se comparado a 2011. A guinada acontece em meio a incentivos que instituições de ensino públicas e privadas vêm promovendo para habituar os jovens à leitura. Em Petrolina, no interior de Pernambuco, a escola da Mônica contratou a empresa de capacitação e assessoria Maia Eventos Educacionais para, nesta segunda-feira (27), desenvolver com seus professores técnicas de promoção da escrita e leitura para os estudantes.

Os dados do Ibope indicam que o brasileiro lê, em média, 2,54 livros num período de três meses. De acordo com a consultora e psicopedagoga da Maia Eventos Educacionais, Eliete Araújo, uma maneira de provocar o interesse dos alunos por um livro é ter uma temática atraente e diversificada. “Temos que incentivar a prática de leitura e escrita nos estudantes através de diversos gêneros textuais, com várias temáticas, que sejam contextualizadas aos anseios do jovem. Porque isso é reconhecer que há diferença no contexto educacional de cada pessoa; o que enseja por modificar o desejo deles por um ou outro título didático ou literário”, diz Araújo, mestranda em Estudos Educacionais.

Eliete MaiaA empresa de Eliete Araújo realiza palestras, capacitações, seminários, feiras culturais, formação continuada, workshops, encontros pedagógicos, além de consultorias e assessoramento a editoras, escolas e empresas da região do Vale do São Francisco. Para a realização desses projetos, a psicopedagoga possui ainda experiência como professora da Universidade de Pernambuco (UPE), coordenadora pedagógica dos colégios GEO, em Juazeiro – BA e Dom Bosco, em Petrolina – PE e consultora do grupo Abril Educação.

Ainda de acordo com Araújo, o trabalho desenvolvido pela empresa tem obtido êxito. “As instituições de ensino que nos chamam para promover determinada ação, voltam a nos considerar para idealizar outras atividades voltadas ao aperfeiçoamento e técnicas de seus educadores”, afirma. Além da oficina pedagógica de segunda-feira, a Maia está com a agenda programada para no dia 29 realizar uma formação continuada com a equipe de docentes do Instituto Embelleze e, em julho, uma palestra para profissionais da Rede Municipal de Educação de Santa Maria da Boa Vista – PE.

CLAS – Comunicação e Marketing

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.