Governo garante inclusão socioprodutiva de jovens e mulheres da agricultura familiar

0
Município de Ibirapitanga, assentamento Paulo Jackson, agricultura familiar. Fotos: Pedro Moraes/GOVBA
Em audiência com a coordenação da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do Estado da Bahia (Fetraf-BA), o governador Rui Costa, reafirmou, entre outros compromissos, a inclusão socioprodutiva de jovens e mulheres em projetos do Governo. O encontro, realizado na sala de reuniões da Governadoria, na quarta-feira (26), teve as presenças dos secretários de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, da Educação, Walter Pinheiro, de Relações Institucionais, Josias Gomes, e de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto.
Durante o encontro, foram discutidos assuntos estratégicas como reforma agrária, assistência técnica e extensão rural, educação do campo, com modelos de alternância, habitação rural, abastecimento hídrico, especialmente para produção, além de segurança pública no campo. Na ocasião, o governador sinalizou positivamente à pauta apresentada pela Fetraf e reafirmou que a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) é a pasta responsável para capitanear as demandas do movimento junto a outras secretarias de Estado.
“A avaliação desse encontro é bastante positiva e nós da SDR já apontamos algumas diretrizes que deverão ser executadas com esse viés de inclusão socioprodutiva de jovens e mulheres. Entendemos que essas são pautas imediatas, que buscamos atender por meio de projetos como o Pró-Semiárido e o Bahia Produtiva. A inclusão desses segmentos é extremamente importante para o desenvolvimento rural baiano”, afirmou Jerônimo Rodrigues.
Para o coordenador estadual da Fetraf, Rosival Leite, a audiência teve como pauta principal a agricultura familiar da Bahia, com destaque para a inclusão de jovens e mulheres, a partir das cadeias específicas de cada Território de Identidade. Ele afirmou ainda que essa é uma ação importante para dar condições a jovens e mulheres permanecerem no campo.
“A audiência foi positivíssima e a Fetraf entende que esse é um conjunto de atividades que teremos que organizar para rodar. Estamos otimistas e contamos com a liderança da SDR para articular, junto às outras secretarias de Governo, demandas de outras áreas”, comentou Rosival Leite.
Secom BA

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome