Defesa de Temer solicita que juiz reavalie queixa-crime contra Joesley

0

advogado que representa o presidente Michel Temer (PMDB) em uma queixa-crime contra o empresário Joesley Batista recorreu da decisão do juiz Marcos Vinícius Reis, da 12.ª Vara Federal de Brasília, de rejeitar a ação contra o sócio da JBS por difamação, calúnia e injúria.

Em recurso protocolado nesta quinta-feira (29), Renato Oliveira Ramos afirma que “não se pode ser mantida a conclusão a que chegou ora impugnada, na medida em que os próprios fundamentos por ela invocados atestam expressamente a existência de dúvidas a respeito do real propósito das declarações prestadas pelo Recorrido (Joesley) à Revista Época e, mais ainda, a quanto a veracidade das suas informações, o que, por si só, já justificaria a apuração dos fatos, com recebimento da inicial acusatória”.

O juiz que rejeitou a queixa do peemedebista alegou que as afirmações do empresário aconteceram no contexto do acordo de delação premiada assinado com o Ministério Público Federal (MPF) e homologado pelo Supremo Tribunal Federal.

De acordo com Reis, reafirmar o que foi dito na colaboração premiada é um direito do colaborador. Ele também não vê indício de difamação na entrevista de Joesley a um veículo de circulação nacional.

Fonte: Bahia.ba

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome