Protesto chega a Barragem de Sobradinho (BA) e manifestantes fazem bloqueio

Na manhã desta terça-feira (29) manifestantes fizeram um bloqueio na estrada da barragem de Sobradinho. Segundo informações do repórter Caio Almeida, da Rádio São Francisco, a passagem de carros, ônibus e caminhões foi impedida e cerca de 2.000 manifestantes estiveram no protesto, desde que o bloqueio foi montado.

Foram disponibilizados ônibus para levar as pessoas até a barragem, segundo o repórter que esteve no local e conversou com Francisco Jociel, representante do movimento.

“Aproveitando o ensejo da greve dos caminhoneiros em todo o país, estamos pedindo Diretas Já, Fora Temer e a redução dos preços de diesel, gasolina, etanol e gás de cozinha. Esse movimento não tem nada a ver com os caminhoneiros. Nos reunimos ontem no final do manifesto na BA 210, e programamos este ato aqui na barragem. Logo cedo chegaram os ônibus das fazendas que levam os trabalhadores para as colheitas e quando paramos os veículos, os passageiros aderiram ao nosso movimento. Empresas de ônibus da cidade que fazem transporte de alunos para Juazeiro e Petrolina e piscicultores do município, também aderiram ao protesto”, informou Francisco.

Francisco Jociel também informou que o protesto contou com o apoio do CONSTESF (Consórcio Sustentável do território do São Francisco), servidores, vereadores, comerciantes e pessoas de Sobradinho.

“Iniciamos este manifesto ontem, continuamos hoje e estamos discutindo a ideia de permanecer com o bloqueio.  Estamos dependendo de algumas informações que vamos receber no âmbito nacional e também referente aos protestos em cidades circunvizinhas. Dependendo da situação poderemos continuar”, afirmou.

Em carreata, os manifestantes acabaram de deixar o bloqueio, prometendo voltar com o protesto amanhã (30).

Caio Almeira, de Sobradinho/BA para o PNB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.