Amigos e parceiros lamentam a morte do publicitário Juarez Canejo

Na manhã deste domingo (3) Petrolina e Juazeiro perderam o publicitário Juarez Clemente Canejo, 56 anos.

Juarez nasceu em Jardim, no Ceará, mas adotou Petrolina como sua cidade. Ao lado da esposa, Elizabete Rodrigues Clemente, Betinha, Juarez inaugurou um novo tempo no mercado publicitário da região. Fundou a agência publicitária Criação Original, em Petrolina, e atuava nos municípios circuvizinhos, sendo reponsável por diversas campanhas publicitárias e políticas.

Criativo, espirituoso, carismático e inovador, Canejo conquistava amizades por onde passava. Um querido entre os colegas de profissão, entre os profissionais da comunicação e pessoas dos diversos segmentos.

Com muita esperança, Juarez vinha enfrentando um câncer.

O jornalista Carlos Brito, expressou sua gratidão e pesar pela perda do amigo “Muito abalado, devastado. Me acolheu e mostrou-me o caminho”.

“Juarez, guerreiro incansável! Ideias brilhantes, alegria contagiante em tudo que fazia, seja em projetos profissionais ou pessoais. Meu grande amigo! Nosso amigo! Merece um bom lugar no Céu e no nosso coração!”, assim se manifestou o empresário Paulo Gondim, também parceiro de Canejo.

A editora do PNB, Sibelle Fonseca, também fez questão de expressar sua gratidão e pesar. ” Há mais de 25 anos “Juareizinho”, como eu o chamava, esteve presente na minha vida profissional e sempre incentivando, orientando e repassando sua experiência. Trabalhamos juntos em alguns projetos, coordenados por ele e pude conviver com um entusiasta, um idealizador e realizador. Um senso de humor incrível! Quando estreamos o site Preto No Branco, buscamos sua opinião e ele não se furtou de nos orientar e incentivar nosso projeto. Gratidão, amigo! Gratidão pela alegria que passava, pelas piadas, pelos conselhos e todo acolhimento. Vai fazer muita falta no nosso meio! Siga em paz! Toda força pra Betinha e para as meninas!

Com poesia, o músico juazeirense Mauriçola, homenageou Canejo.  “Tudo acaba sendo como era de se esperar” Um dia todos nós partiremos… Juarez “criação original” Canejo se foi. Lutou muito para viver mais um pouco.
Conheci Juarez com uma “U-matic” pendurada nos ombros. Fizemos muitos trabalhos juntos.
Tenho dito que continuo não sabendo de absolutamente nada sobre depois da morte.
Valeu muito sua vida Juarez!!! Adeus!”

Canejo deixa a esposa Betinha e as filhas Mariana e Lívia.

O velório do publicitário será na Câmara de Vereadores de Petrolina e o sepultamento está marcado para às 17 horas deste domingo, no cemitério da cidade.

Da Redação por Thiago Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.