Na última hora os juazeirenses resgataram o espírito de torcedor e botaram fé no Brasil

Na última hora os juazeirenses resgataram o espírito de torcedor e botaram fé no Brasil

Apesar de muitos Juazeirenses terem demonstrado uma baixa expectativa para a Copa do Mundo 2018, o que se viu na cidade na véspera e no dia do estreia da seleção brasileira no mundial, foi torcedores entrando no clima do evento e confiantes com o título do hexacampeonato.

(foto: Lívia Santos/Preto no Branco)

Além de apostaram na decoração dos estabelecimentos, muitos lojistas também abriram seus comércios no domingo (17), dia do primeiro jogo do Brasil, para atender aos Juazeirenses que deixaram para comprar camisas da seleção, na última hora.

Produtos  como bandeirolas, cornetas, apitos e bandeiras, também saíram das prateleiras.

“Ainda bem que as lojas estavam abertas e eu consegui comprar duas blusas do Brasil, para mim e meu filho. Eu não estava muito confiante, mas quando a disputa vai se aproximando, parece que o espírito brasileiro de torcedor toma conta da gente. E não é a mesma coisa assistir aos jogos e torcer para a nossa seleção sem estar devidamente caracterizado”, declarou a atendente Edna Silva.

(foto: Arquivo Pessoal)

Os bares da cidade também investiram em uma programação especial, com musica e promoções que atraíram torcedores. Os estabelecimentos estiveram lotados na tarde deste domingo (17), e as atenções estavam voltadas para  Rostov, na Rússia, onde a seleção estreou no mundial.

(foto: Ailton Nery/Preto No Branco)

As residências também foram pontos de encontros para familiares e amigos que acompanharam o jogo entre Brasil e Suíça. Uma tarde de confraternização, mas de pouca celebração com o empate de 1×1.

“Esse resultado não me deixa desanimado. A copa está apenas começando e apesar do desempenho da estreia, a seleção brasileira continua sendo uma das favoritas e todos os outros times vão se esforçar ao máximo para não perder do Brasil. Sem falar que o jogador que fez o gol da Suíça, empurrou o zagueiro brasileiro Miranda e o gol não deveria ter valido. Agora é esperar as próximas partidas”, disse o frentista Bryan Lincoln.

(foto: Yonara Santos/Preto No Branco)

O próximo jogo será na sexta-feira, 22 de junho, às 9h (horário de Brasília), em São Petersburgo, contra a Costa Rica. Depois, o Brasil encerra sua participação na primeira fase jogando contra a seleção da Sérvia no dia 27 de junho (quarta-feira), às 15h (horário de Brasília), em Moscou.

Se passar como primeira colocada do Grupo E, a seleção brasileira jogará, pelas oitavas de final, contra o 2º colocado do Grupo F, que tem Alemanha, México, Coreia do Sul e Suécia, no dia2 de julho (segunda-feira), às 11h (horário de Brasília), em Samara. Se avançar para as quartas de final, o Brasil jogará no dia 6 de julho, sexta-feira, às 15h (horário de Brasília), em Kazan.

Avançando, o Brasil disputará a semifinal no dia 10 de julho, terça-feira, às 15h (horário de Brasília) na cidade de São Petersburgo. A final está prevista para o dia 15 de julho, domingo, às 12h (horário de Brasília), em Moscou.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.