Aplicação de cal deve combater a reprodução do Aedes aegypti e das muriçocas nas margens do Canal do Macarrão, em Juazeiro

(foto: divulgação/SESAU)

Na última sexta-feira (26), a equipe do Núcleo de Combate às Endemias de Juazeiro efetuou a aplicação de 480 quilos de cal nas margens do Canal do Macarrão, com o objetivo impedir a reprodução dos mosquitos Aedes aegypti e Cullex (muriçoca comum).

“Quando a cal entra em contato com a água eleva a temperatura da mesma e cria um ambiente alcalino, eliminando todas as larvas existentes naquele local e impedindo a reprodução”, esclarece Klynger Farias, diretor de Vigilância em Saúde.

O trabalho realizado pelo núcleo de combate às endemias, da Secretaria de Saúde (SESAU) da cidade, aconteceu após a limpeza dos canais, ação realizada pela Secretaria de Serviços Públicos (SESP).

A SESAU orienta ainda à população para os cuidados nas residências com recipientes que possam acumular água, em especial nos períodos chuvosos. Dicas como: deixar virados vasilhas, baldes e até pá de lixo para não se tornar criadouro desse mosquito; usar água sanitária ou cloro é outra saída em recipientes fechados ou ralos.

Outra orientação da Secretaria de Saúde é com relação ao descarte de lixo, que devem ser destinados corretamente através da coleta diária que o município realiza, o descarte em terrenos baldios pode proliferar a reprodução do mosquito e trazer consequências graves para toda a população.

Visitas

Agentes de endemias diariamente visitam as residências realizam visitas aos domicílios e tratam dos canais na cidade, segundo a SESAU. Qualquer indício de local para proliferação é tratado e os moradores orientados sobre os cuidados que devem tomar.

A Secretaria de Saúde disponibiliza o telefone 074 99198 3057 para denúncia de possíveis focos do Aedes, o número também funciona como WhatsApp

Da Redação

1 comentário

  • Boa tarde! Não é gastando milhões ou bilhões com vacinas e publicidades que vai acabar com dengue, e sim com saneamento básico.
    O saneamento básico constitui-se como o conjunto de infraestruturas e medidas adotadas pelo governo a fim de gerar melhores condições de vida para a população. No Brasil, esse conceito está estabelecido pela lei nº 11.445/07, compreendendo o conjunto de serviços estruturais de abastecimento de água, esgotamento sanitário, manejo de resíduos sólidos e limpeza e drenagem de lixo e águas pluviais urbanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.