Professores de escolas públicas e privadas da Bahia oferecem aulas gratuitas para o Enem em TVs abertas

 

Solidariedade e popularização da Educação – esse é o lema dos mais de 50 professores das redes pública e privada da Bahia engajados no projeto TV Enem, um programa educacional gratuito voltado para estudantes que vão fazer as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no fim do ano.

Preocupados com a grande quantidade de alunos que não têm acesso regular à internet e estão no 3º ano do Ensino Médio, com as aulas suspensas por causa da pandemia do coronavírus, os educadores atenderam ao chamado da Produtora Escritório do Pensamento e oferecem os vídeos das aulas sem receber pela prestação de serviço.

Para garantir a permanência dos professores em casa e evitar a aglomeração de pessoas em um mesmo ambiente, respeitando as normas da Organização Mundial da Saúde (OMS), todas as aulas são gravadas direto das casas dos educadores.

O custo operacional é mantido pelo Escritório do Pensamento e a transmissão é garantida por parcerias com as emissoras públicas TV Alba (Assembleia Legislativa da Bahia) e TV Câmara Salvador.

Desde o dia 18 de maio, a TV Enem vai ao ar de segunda à sexta-feira, às 8h e 18h, pela TV Alba (Canal aberto 61.2; NET 16 e SKY 361.2). Os estudantes que perderam a primeira semana de aulas ganharam uma nova oportunidade para manter os estudos em dia.

A partir desta segunda-feira (25), diariamente, às 13h30 e 19h30, todo o material é reapresentado na TV Câmara Salvador (Canal aberto 61.4 e aplicativo Câmara Municipal de Salvador, disponível na Apple Store e na Google Play).

Os intervalos das aulas são preenchidos com conteúdos suaves e informativos produzidos por profissionais de teatro, cinema, música, jornalismo, psicologia e fisioterapia.

Por meio do site tvenem.com.br também é possível enviar dúvidas, baixar conteúdo, participar de simulados e encontrar os links para as aulas disponíveis nos canais do Escritório do Pensamento, TV Alba e TV Câmara Salvador no Youtube.

Desde o lançamento da plataforma, professores de várias regiões do país entram em contato com o Escritório do Pensamento se oferecendo para participar da ação. Além disso, negociações para a veiculação da TV Enem em emissoras de televisão e rádio de outros estados continuam.

Segundo o diretor do Escritório do Pensamento e idealizador do projeto, professor Ricardo Carvalho, “quando a sociedade é desafiada a encontrar meios para sobreviver sob efeito de isolamento social, necessário para a preservação da espécie, é hora de utilizar a criatividade, mantendo a solidariedade e o bem comum como meta”.

O educador batizou de “digital artesanal” o método de filmagem das aulas que supera as limitações do
ambiente e garante, por meio da edição, a qualidade do conteúdo com imagens Full HD.

Com a acessibilidade das aulas pela televisão aberta, a manutenção de todos os envolvidos em isolamento social e a garantia de conteúdo atualizado e de qualidade, o Escritório do Pensamento cumpre seus maiores princípios: a popularização do conhecimento e a contribuição para a preservação do bem estar social.

Contato para entrevistas: Luís Filipe Veloso (DRT: 5245/BA) – (71) 99634-7656

Surubim Comunicação e Eventos
(71) 98736-8012

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.