Ministério Público defende manter datas das eleições municipais deste ano

O Ministério Público Eleitoral (MPE) enviou um ofício ao Congresso Nacional no qual defende a manutenção das datas das eleições municipais deste ano. A mudança é alvo de discussão em função da pandemia do novo coronavírus.

A princípio, o primeiro turno do pleito que vai definir os prefeitos e vereadores dos municípios brasileiros nos próximos quatro anos está previsto para o dia 4 de outubro. Já o segundo turno, para 25 de outubro.

No documento encaminhado aos presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o vice-procurador-geral Eleitoral, Renato Brill de Góes, defende que a adoção de um protocolo e a redução do número de casos de Covid-19, de acordo com estudos estatísticos, permitem a manutenção do calendário.

Maia e Alcolumbre já se manifestaram favoráveis ao adiamento. O vice-procurador defende, caso seja inevitável, um retardamento mínimo, com a realização do primeiro no dia 25 de outubro e o segundo, em 15 de novembro.

O ofício cita ainda que ao menos nove países, entre eles, Estados Unidos, Espanha e Chile realizarão eleições em 2020.

Fonte TSE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.