Estabelecimentos comerciais são interditados após descumprirem decreto municipal que determina fechamento de comércio não essencial em Juazeiro

Estabelecimentos comerciais foram interditados na manhã dessa terça-feira (29) por descumprirem o decreto municipal que determinou o fechamento do comércio de Juazeiro, no Norte da Bahia, desde o dia 22 de junho. Na loja de calçados e assessórios Master Magazine, que fica situada no calcadão comercial da cidade, e numa outra de eletrodomésticos, funcionários foram flagrados comercializando mercadorias aos clientes, de acordo com a Guarda Municipal.

(foto: divulgação)

Segundo o inspetor-chefe da Guarda Civil Municipal de Juazeiro, Israel Marco, o gerente da Master Magazine já havia sido advertido pela fiscalização em outras duas oportunidades, quando os fiscais também foram acionados para apurar denúncia de violação do decreto. Na época, a Guarda Municipal estava realizando ações educativas, portanto, o empresário só foi orientado a fechar a loja.

Porém, o proprietário do estabelecimento, que é um dos participantes do movimento de comerciários que realizou, na semana passada, uma manifestação a favor da reabertura do comércio da cidade, voltou a desrespeitar o decreto. Os fiscais flagraram os funcionários da loja vendendo mercadorias, presencialmente, aos clientes, o que está proibido no decreto municipal. Após o flagrante, a loja foi interditada pelos fiscais da prefeitura.

O outro estabelecimento comercial interditado é a loja Magazine Luíza, que fica na Orla da cidade.

(foto: divulgação)

A medida que começou a valer no dia 22 de junho e determinou o fechamento de todos os serviços não essenciais, permitia que esses estabelecimentos ficassem com a porta meio-aberta, para o recebimento de pagamentos. A venda de mercadorias, nesses casos, só estava permitida por serviço delivery.

Ontem (29), um novo decreto municipal publicado no Diário Oficial decidiu estender o fechamento do comércio de Juazeiro até o dia 12 de julho.

Da Redação

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.