Covid-19: taxa de ocupação dos leitos de UTI na rede do SUS permanece em 60% em Petrolina

No boletim desta quarta-feira (1º), onde confirmou mais 46 casos da covid-19, somando 969 diagnósticos positivos para a covid-19, infecção causada pelo novo coronavírus, a Secretaria de Saúde de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, atualizou a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e intermediários para a covid-19 na rede pública e privada da cidade.

Ontem, o órgão informou que a taxa de ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s) exclusivos para pacientes com a covid-19 na rede do Sistema Único de Saúde (SUS) de Petrolina é de 60%.

A divulgação dos números cumpre uma determinação dos Ministérios Públicos Federal e dos Estado da Bahia (MPBA) e de Pernambuco (MPPE) expedida no dia 5 de junho, Em documento enviado para as Secretarias estaduais de Saúde, aos dois municípios, Central de Regulação Interestadual de Leitos (CRIL) e para o Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco (HU-Univasf), os MPs recomendaram a divulgação diária do número de infectados e da quantidade de leitos ocupados por pacientes contaminados com covid-19 nos municípios da região do Vale.

Leitos de UTI

No que se refere aos internamentos nas UTI’s em leitos públicos, os dados mostram que no Hospital Universitário, que possui 20 leitos exclusivos abertos pela prefeitura, 11 pacientes de Petrolina (10 confirmados e 1 em investigação) e 1 paciente de Cabrobó-PE (confirmado) estão internados. Com 12 leitos ocupados, a taxa de ocupação na unidade é de 60%.

No Hospital Memorial, todos os 5 leitos estão ocupados por 2 pacientes de Petrolina (1 confirmado e 1 em investigação), 2 pacientes de Juazeiro (confirmados) e 1 paciente de Lagoa Grande-PE (descartado)No Neurocardio, dos 5 leitos disponíveis, todos estão ocupados por 1 paciente de Petrolina (confirmado), 1 paciente de Petrolândia-PE (confirmado); e 2 pacientes de Juazeiro (confirmados).

Na UPAE, dos 10 leitos disponíveis , 3 estão ocupados por 2 pacientes de Petrolina (1 confirmado e 1 em investigação) e 1 de Juazeiro (em investigação). A taxa de ocupação, portanto, é de 30%.

No que se refere aos leitos da rede privada, a prefeitura divulgou que na unidade da UNIMED, 3 pacientes de Petrolina (1 confirmado, 1 em investigação e 1 descartado) estão internados. O Neurocárdio terminou o dia de ontem com 2 pacientes, sendo 1 de Petrolina (confirmado) e 1 de Lagoa Grande-PE (em investigação), internados. Já o Hospital Geral e Urgência (HGU) possui 1 paciente de Juazeiro (confirmado) em internamento. O Memorial também tem 1 paciente de Juazeiro (em investigação) internado.

Leitos intermediários

Sobre os leitos públicos intermediários, segundo a secretaria, até ontem (1º), no Hospital de Campanha Monte Carmelo, que possui 100 leitos, apenas 4 pacientes de Petrolina (1 confirmado e 3 em investigação) estão internados. Com isso, a taxa de ocupação é de apenas 4%.

Na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), dos 12 leitos disponibilizados, 5 estão ocupados por pacientes de Petrolina (3 confirmado e 2 em investigação). A taxa de ocupação, portanto, é de 42%.

Já no Hospital Dom Malan, dos 5 leitos infantis, 2 estão ocupados, sendo 1 paciente de Petrolina (confirmado) e 1 paciente de Juazeiro (descartado). Dos 5 leitos mulher, 4 estão ocupados: 1 paciente de petrolina (em investigação), 1 de Araripina-PE (confirmado), 1 de Parnamirim-PE (descartado) e 1 de Santa Maria da Boa Vista-PE (em investigação). A taxa de ocupação na unidade é de 60%. 

Na rede privada, segundo a secretaria, a situação é a seguinte:

Neurocardio
– 1 paciente de Petrolina (confirmado);
– 2 pacientes de Juazeiro (1 em investigação e 1 confirmado);

Hospital Geral e Urgência (HGU)
– 1 paciente de Juazeiro (em investigação);

UNIMED
– 6 pacientes de Petrolina (3 confirmados e 3 em investigação);
– 3 pacientes de Juazeiro (em investigação);

Casos em Petrolina

46 novos positivados para a covid-19 foram confirmados ontem, com isso, Petrolina chegou ao total de 969 casos da covid-19 – destes, 98 são detentos da Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes. São 749 confirmações por testes rápidos da prefeitura e 220 casos diagnosticados através de exames laboratoriais. A boa notícia é que Petrolina tem mais 14 curas clínicas, totalizando 462 recuperados. Como não houve novos óbitos, a cidade continua com 26 registros.

*imagem ilustrativa

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.