“Em Órbita, com Angelo Roncalli”: afinal, o quê significa o Suzanou ?

Suzana Ramos é a prefeita eleita em 2020 em Juazeiro da Bahia. A primeira mulher. Quase o dobro de votos para o segundo candidato, o atual prefeito Paulo Bomfim.

Bomfim coleciona uma grande vitória em 2016 e uma grande derrota em 2020. Lados da mesma bandeja.

Thor, da Marvel, perdeu o martelo em Ragnarok, Suzana encontrou em Juazeiro, apelidou de marreta45 e lutou contra o grupo político de Isaac Carvalho.

Mas se até Thor errou no golpe em Thanos. Não acredito que um marretada seja capaz de extinguir 12 anos de gestão municipal em Juazeiro, votos expressivos – nesta trajetória – para os candidatos apoiados pelo grupo, os antológicos 100mil votos para Deputado Federal de Isaac em 2018.

O juás do Juazeiro ainda vão cair maduros do pé.

Suzana ganhou o jogo de goleada. No seu time, uma pequena horda, responsável por confusão em outros tempos e outras eleições, articuladores da primeira vitória de Isaac, ex-prefeitos, ex-pré-candidatos, algumas pessoas boas e outras bem inexpressivas.

Não desconfio das boas intenções de Suzana. Mas ela entrou numa cilada. Que é governar Juazeiro. Seu ar paroquial e sua visão romântica em cuidar das pessoas, não comunga com estes tempos nítidos de uma transição na política. Um fato que me chamou atenção foi o fato de a primeira mulher eleita prefeita, não ter sido comemorado no meio ativista feminista.

O que permeia o imaginário é que Suzana está mais para a conversadora ministra Damares Alves do que para a progressista Pamela Harris. Não representa o movimento feminista, nem está alinhada com as demais causas de identidade, gênero, desigualdades, etc. Curiosamente, apenas uma vereadora foi eleita em Juazeiro.

A oposição não cansa de dizer que quem comandará seu governo será o ex-prefeito Joseph Bandeira. Ele era chamado de General na campanha de Suzana. O povo de Juazeiro é criativo. Dodecassilabicamente, Joseph cultiva o silêncio sobre o assunto. Ele não disparou. Mas seu filho, Leonardo Aquiles, é o vice. Mas Bandeira é de Fé e Suzana também o é.

Só sei que Suzanou no tendão de Juazeiro. O verbo está solto, exposto, e agora é alvo. Quero saber de suas variações. Quando virar um substantivo na cidade, o que significará uma Suzanada ?

Como virá o Suzanismo ? Uma vez que sua campanha foi uma festa de piseiro e martelo. Com poucas propostas concretas para a gestão pública. Vide seu instagram oficial, das mais de 300 publicações, menos de 10 falam sobre o plano de governo. O plano mais evidente era tirar Bomfim do poder.

Suzana já tem seu lugar ao sol. Basta saber se haverá brilho ou dias nublados. E sobre quais adjetivos suzanísticos navegarão seus 4 anos à frente do Executivo Municipal de Juazeiro. Afinal, o quê significa o Suzanou ?

Só Arnaldo Antunes responde na canção “O quê” do disco Cabeça Dinossauro dos Titãs: “o que não pode ser que não é”.

Angelo Roncalli, 44, escritor, @angelo__roncalli

11 Comentários

  • Nina disse:

    Vejo um pessimismo desajeitado, beirando ao acaso ou aovquem sabe a tentativa da adivinhação. Ah minha Juazeiro, sem memória, quem não se lembra do atual prefeito assumindo e os jargões se repetindo: “Quem vai governar é ISAAC”. Parece que não acreditamos na força do PODER qd lhe é dado. Quem recebe a chave não passa adiante meu caro, se assim fosse, não poria a” cara” na janela pra passar a mão nela. A hora é de acreditar.

  • Fernando Bastos disse:

    COM TODO RESPEITO AO ESCRITOR, MAS ELE DEVERIA FAZER UM QUESTIONAMENTO: QUAL A CAUSA DAS MULHERES QUE SUZANA NÃO REPRESENTA, NÃO TEREM ESCOLHIDO SEQUER UMA REPRESENTANTE? BASTA ANALISAR A VOTAÇÃO DO COLETIVO DO PT, LORENA, ETC. NÃO DEVEMOS JULGAR AS PESSOAS. ACREDITO QUE A PRIMEIRA MULHER PREFEITA DE JUAZEIRO, SERÁ A PREFEITA DE TODAS, E ESPERO QUE FAÇA UM BOM TRABALHO.

  • Francisco Luiz Torrisi disse:

    Endosso as palavras do amigo escritor e poeta, é uma incógnita, o que será ? Nem os Cavaleiros do Zodíaco pode prever do que estar por vim. Não houve mudança, sou administrador e o preceito básico da gestão é administrar um grupo de pessoas com o intuito de atingirem determinado objetivo. O que eu venho assistindo em Juazeiro é um teatro de fantoches, onde se aproveitam de possíveis bons personagens e os amarram para contracenar com a plateia. Precisamos inovar com gestores mais modernos e de novas gerações. Quero acreditar que o Suzano signifique de fato , tirar as amarras por trás do circo.

  • Leitora disse:

    Mimimi puro. A mulher nem começou a trabalhar e os inconformados já estão desejando sua ruína. Fiquem com seus achismos e aceitem que os próximos 4 anos, será governado por ela. Preguiça de gente que vê problema em tudo, acusando a mulher do que vocês mesmo são. “Para que tá feio”!

  • Ivan Katamazov disse:

    Um belo texto. Creio que Juazeiro precisa de debate neste nível. É preciso discutirmos Juazeiro sem as tradicionais ofensas pessoas. Os famosos argumentos ad hominem.

  • Jorge Lucas disse:

    O nome disse é choro de derrotado, aceita que dói menos.

  • Júnior Mota disse:

    Parece astrologia a forma com que tentam adivinhar como será o governo de SUZANA, mas vamos aguardar!

  • Pedro Antunes disse:

    Pura raivinha de criança que não teve seu doce antes do almoço, tudo isso pq Suzana, não deixou esse blog medíocre ter acesso a coletiva de empresa outros dias atrás, ” para os amigos tudo, para os inimigos nada” já dizia o jargão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.