Não passarão: Jogador do Bahia, acusado de racismo, é afastado das atividades do clube

 

Acusado de racismo pelo volante Gerson, do Flamengo, o meia-atacante Índio Ramírez foi afastado pelo Bahia nesta segunda-feira (21).

O episódio se deu durante a partida entre as duas equipes no último domingo (20), no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 26ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

O atleta colombiano não participará das atividades do clube “até a conclusão da apuração” do caso, segundo nota divulgada pelo clube baiano.

O Bahia ressaltou que Ramírez nega a acusação e que “a ele está sendo dada a oportunidade de se defender de algo tão grave”, mas decidiu que é “indispensável, imprescindível e fundamental validar a voz do jogador.

Ainda segundo o comunicado, o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani “ligou para Gerson a fim de prestar solidariedade”.

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.